O fim do Facebook

/
0 Comentários
Estou, como percebem, realmente desistindo aos poucos do Facebook. Vejam só, uma conta simples: nos dias em que escrevo um único post, tenho umas 100-120 curtidas. Se escrevo três, 30-40 curtidas.

Ou seja, o Zucker-algoritmo controla a sua exposição. Você vai levar aquelas cotas de curtidas por dia. Se você escreveu algo muito bom, ao dar a cota a exposição é deprimida. Se escreveu ruim, a exposição continua porque ainda não deu. Quer que mais gente leia, então pague.

Da mesma maneira as descurtidas. Volta e meia a gente pisa nos calos de algum moleque de sexualidade mal formada que se julga a última bolacha do pacote do magistério infalível católico, ele faz campanha com seus seis amigos (não passa disso!) para descurtir a página com chantagem sentimental. Muito bem, se alguém começar a levar descurtida vai desistir do Face, o que é ruim para os negócios. Então o algoritmo nos dias seguintes aumenta sua exposição. Por dia eu ganho 1-2 curtidas orgânicas, mesmo sem escrever nada, mesmo escrevendo muito. Quer mais, então pague. E no dia em que você é particularmente brilhante e atrái mais pessoas, a exposição é deprimida nos dias seguintes. No final tende à média. Capaz até da minha média ser menor que a média porque sou anti-esquerda.

Acabou a meritocracia. Não precisa de mensagem. Não precisa de conteúdo. E não estou nem entrando no mérito da censura esquerdista que o facebook (e google) farão nas "notícias falsas" (sic), ou seja, coisas que a esquerda e sua mídia não gosta.

Sem contar os rastreamentos que eles fazem e você não se dá conta. Após citar num comentário o livro do Malachias Martin, a Casa Varrida pelos Ventos, a História de um papa que é pressionado pelo globalismo a adotar a agenda deles no Vaticano ou renunciar, as propagandas deste livro na Amazon pulularam em todas as minhas timelines, meus seguidores e inclusive máquinas que não tem a ver com esta conta. Nem a KGB em toda sua glória tinha esta visão. Mas não precisa mais, o Facebook e o Google entregarão de bandeja estas informações.


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.