Nunca existiu infiltração comunista na Igreja... claro, claro

/
4 Comentários
NON ECZISTE!!!

Chovem evidências e testemunhos de sistemática infiltração comunista na Igreja, inclusive por parte de quem fez. Sem contar os  frutos destas ações.

Isto não é de se surpreender. Há casos muito conhecidos, descobertos e julgados de espiões soviéticos dentro dos governos americano e inglês, apenas para citar exemplos notórios. Ora, se os EUA e a Grã-Bretanha, que gastam com contra-espionagem, foram postos no bolso, imagine o pobre Estado do Vaticano. Se isso aconteceu com o ramo verde, imagine com o ramo seco.  Houve telégrafo na mesa do Stálin vindo dos agentes em Berlim avisando do ataque iminente alemão na URSS com antecedência de semanas, mas não, os soviéticos não faziam isso na Itália, que isso!  Os soviéticos simplesmente roubaram a bomba atômica de Los Alamos, o Beria tinha tudo o que os americanos faziam e copiaram tudo, mas não... os russos entraram nos laboratórios nucleares secretos americanos, mas pulam a Santa Sé, sabe?

Lógico que você sempre pode desprezar  tudo isso e dizer que quem afirma isto é louco e paranóico, a despeito dos testemunhos, e da cada vez maior evidência histórica do poder da Cheka/OGPU/NKVD/MVD/KGB, com documentos históricos e testemunhos amplamente disponíveis, de russos e não-russos, amigos e inimigos do regime, católicos e não-católicos. É tudo Teoria da Conspiração, né? Espionagem russa, imagine, non ecziste!!!!!

Mas não... os soviéticos que punham sua inteligência dentro de Washington, Londres, Paris, Delhi, Rio, Cairo, Praga, Kabul, Pequim misteriosamente pulavam a pequenina e desguarnecida Santa Sé. Nem sequer se davam ao trabalho para monitorar ninguém da Igreja em outros países. Por quê? Porque sim!!! Porque eles eram bonzinhos, deve ser por isto.


Você também pode gostar

4 comentários:

  1. Frei, tenho uma dúvida. Levando em consideração os três centros de poder global que o professor Olavo demonstra serem os reais atores dos jogos políticos, por qual razão a elite globalista aceitou/incentivou/planejou a invasão islâmica da europa? Ou a europa é campo aberto de disputa entre eles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com estes três centros. Acho que há duas análises possíveis:

      a) Os globalistas acharam que poderiam por o leão islâmico na jaula depois de solto nas ruas da Europa para enfraquecer o cristianismo. Estão se enganando.
      b) Os islâmicos traíram a confiança dos globalistas (enganando os enganadores no efeito acima) e estão tomando a Europa para si.

      Excluir
    2. As opções não se excluem. Acho que a idéia dos globalistas é a de envenenar o Islã com as mesmas drogas que usaram no Cristianismo, atraindo-o para a Europa secularizada e encantá-los com a modernidade, enfraquecendo seu dinamismo. Um cabo de guerra infernal.

      Excluir
  2. Quando a gente vê uma CNBB chegada na TL e no PT, um D Hummes profanando a S Comunhão dando ela a Lula, uns encontros tipo PJ de Manaus do Che Guevara é de arrepiar!
    E mais: nunca atacar os partidos comunistas e eles não ao contrario, acontecendo semelhante no Brasil e noutros países de forma parecida, de diálogos com os comunas, uns cardeais tipo Kasper, Maradiaga etc., só cego e quem não quer ver não percebe infiltração vermelha dentro da Igreja!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.