Qual foi o faraó do Êxodo???

/
0 Comentários
A página Egiptologia sem Frescuras fez a melhor análise que já vi sobre o tema:



Francamente, não dá para se arriscar em dizer quem é o faraó do Êxodo. Os candidatos são:

- Amenófis I (XVIII dinastia)
- Amenófis II
- Tutmósis III
- Akenáton
*** Prós: Colocar o Êxodo na XVIII dinastia tem a favor que os hicsos foram expulsos. Os hebreus eram "primos semitas" dos hicsos então um governo autócne egípcio poderia ter se voltado logo em seguida contra os hebreus. A estela de Merneptah (XIX dinastia) dá testemunho que já havia Israelitas em Canaã, portanto o Êxodo teria sido neste período.
*** Contra: A XVIII dinastia governava em Tebas, não no Delta. Então deveríamos assumir que os encontros entre Moisés e o faraó não eram tão fáceis, já que os hebreus estavam no Delta oriental. E a cidade de Pi-Ramsés não estava fundada. Outro contra é que a XVIII dinastia governava a Palestina, então seria muito fácil o faraó pegar os hebreus ao chegarem em Canaã

- Ramsés II (XIX dinastia)
- Merneptah
- Seti II
** Prós: Pode-se especular que o monoteísmo de Akenaton influenciou Moisés, ou que a perseguição raméssida contra o monoteísmo de Akenaton afetou os hebreus monoteístas por própria conta. A XIX dinastia fica no período histórico tradicional do Êxodo. Os faraós criaram as cidades citadas na Bíblia (Pi-Ramsés) e governaram também no Delta. Diversos primogênitos não assumiram o trono. Se você considerar a estela de Merneptah um empulhação, pode ser que o faraó estivesse escondendo sua derrota diante de Moisés. A guerra contra os hititas criou um certo tumulto na Palestina que possibilitaria a invasão de Josué.
** Contra: Os faraós da XIX dinastia eram muito fortes. A estela de Merneptah, o mais cotado dos "suspeitos", dizia que ele derrotou israel em Canãa, ou seja, o Êxodo já havia terminado. Os faraós também empregavam mercenários hebreus em seus exércitos, então não haveria muita animosidade contra eles.

- Ramsés III (XX dinastia)
* Prós: O faraó Ramsés III efetivamente teve lutas terríveis contra os povos do mar, em cujo tumulto os hebreus puderam fugir. O faraó efetivamente perseguiu os asiáticos do Delta e destruiu Avaris, no local em que os hebreus moravam. Ou seja, houve uma animosidade real e documentada contra semitas e estrangeiros no Egito. Há poucas notícias, mas Ramsés III assumiu o trono numa sucessão dinástica depois de um chefe militar egípcio conhecido como "fazedor de problemas". Moisés, além do hebraico "Moshe", também pode ser a corrupção do final egípcio "Mósis" como em Tutmósis. Um príncipe egípcio "fazedor de problemas" pode ter rompido a XIX dinastia e entrado em conflito com Ramses III.
* Contra: O Êxodo fica mais distante, espremendo o período dos juízes. Isso faria a invasão dos filisteus simultânea com a conquista de Canãa. A invasão do Egito pelos povos do mar teria sido o que afrouxou o controle egípcio sobre Canãa, o que permitiu a invasão de Josué, consequentemente, o Êxodo deveria ser anterior a este período.


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.