Pot pourri

/
0 Comentários
"Se isso ocorre com o ramo verde,imagine com o ramo seco..."


Se você não tem uma leitura correta da realidade política mundana e laica, toda tentativa de fazer uma leitura espiritual dos fatos atuais da realidade política vai ser errada: Garbage in, garbage out. Os erros não se anulam, eles se acumulam a partir das premissas erradas. Você construiu sobre a areia uma grande torre torta, e tanto mais torta quanto mais longe vai.

Em suma, você vai fazer uma confusão demoníaca. E pior, vai atribuir ao Demônio ação de gente muito boa e preocupada com as coisas de Deus, e que podem ter visão mais arguta que você, e que você não consegue enxergar. No limite, vai distorcer a doutrina da Igreja para forçá-la a fatos políticos tortos, como quem marreta um parafuso para entrar na rosca errada, destruindo a ambos.

Não se esqueçam que os sumos-sacerdotes consideravam estar fazendo obra de Deus ao crucificarem o "blasfemo" e "divisor" Jesus Cristo. Pensem nisso.

***

Disfarçado dum anjo da luz, o Demônio vem te inspirar a anatemizar todos os que se escandalizam com "O Grande Líder".

Na antiga União Soviética e na Cuba atual os dissidentes políticos são internados como loucos. Hoje em dia os discípulos de Caifás chamam de "endemoninhados" os que ousam se escandalizar com as íntimas e convenientes relações ideológicas entre Caifás e César. Sim, os escandalizados o estão por "influência demoníaca", dizem, mostrando o alto debate soviético a que vieram.

O fato de terem dito no passado que Jesus fazia e pregava por influência de Belzebu já fala muito da origem intelectual e moral de quem usa este argumento.

***

Que eu saiba, "martírio" é ter sua igreja explodida e sua cabeça cortada. Os católicos assírios, caldeus, melquitas e coptas e seus líderes sabem muito bem o que é. Por enquanto nós romanos apenas ouvimos falar (e frequentemente fingimos que não será conosco.)

Mas ultimamente tenho ouvido quem pense que "martírio" é ler texto que não gosta no Facebook: "Ó, estão perseguindo o Grande Líder, tão santo, puro e inocente, sem culpa de nada, tão caluniado, tão incompreendido, que martírio, que coisa diabólica!!!"


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.