Novo Livro de Coletâneas do Blog: A Misericórdia II

/
0 Comentários

Capa


Pois é, gente, demorei mas fiz. De fato, o Misericórdia Volume I estava com uma boa procura, a despeito de ser o mais caro entre meus livros. Então vamos ao Misericórdia Volume II a pedido dos leitores. 

Devo dizer que adorei fazer a capa, com esta tão bela pintura de Maria Madalena no Museu Capitolino. Já a contra-capa fui mais uma vez meio dadá. Destaque para o nosso querido papa Francisco, numa pose muito típica de seu pontificado, e a mim mesmo com os óculos "Deal with it". Não me perguntem que é este Cristo e o jacaré, é uma iluminura medieval de algum museu. 

Contra-capa

Devo dizer que ao recolher os textos de 2012 e 2013 fiquei surpreso. Muitos de meus algozes dizem que estou "decadente". Porém o salto de qualidade nos textos me impressionou, especialmente em 2013. Também pudera, houve o evento traumático da renúncia de Bento XVI. As vezes penso que somos como ostras, as pérolas só saem se formos irritados e feridos. Talvez a decadência deles seja porque não falo o que desejam ouvir.

E é inevitável perceber ao longo dos textos, conforme eles se desenrolam, minha decepção - como de tantos outros - com o papa Francisco. Sendo assim eu me vi obrigado a fazer alguns reparos, algumas "Notas do Autor" para explicar isso ou aquilo. Especialmente nos casos do Cardeal Scherer, já que o sal perdeu o gosto, aliás, virou açúcar, depois que no novo pontificado o Cardeal deu "esquerda-volver". É impressionante como meu tom começa a ficar amargo e desanimado conforme os textos avançam. E o mais impressionante ainda é que a qualidade estilística aumenta proporcionalmente. Pois é, como Jeremias, brilhante em suas lamentações, talvez minha musa literária seja impelida pela dor.

Será que talvez tenha "encontrado minha própria voz"??? Explico: No início somos evidentemente obrigados a cativar leitores. Sendo assim, vamos um pouco com o rebanho. Conforme somos consagrados, tendemos a não mais ligar para o que pensam os outros. Neste momento, falamos como nós mesmos. Isso explica porque eu mesmo comecei a achar os textos melhores. Se lermos o Misericórdia I, veremos que ele está bem gracioso e desbocado. O Misericórdia II passou a ser mais reflexivo, porém mais esperançoso. Ora, nós só prestamos atenção na esperança quando a coisa realmente está feia. As capas falam muito. Enquanto no Misericórdia I estamos com um Cristo severo expulsando os vendilhões do templo, no Volume II é uma Maria Madalena chorando olhando para o céu, aquela tristeza começando a virar esperança. Eu realmente tenho orgulho desses trabalhos gráficos, porque conseguiram refletir o espírito dos textos.

Volume I

O livro também saiu O DOBRO do tamanho do Misericórdia I (2010-2011). Isso aumentou um pouco o preço (+ R$5,00), porém a lombada cresceu, há de ficar mais bonito na estante.

Muito bem, já vou preparar o Misericórdia III, com os textos de 2014 a 2015. Porém - ai Jesus - esse só publicarei em janeiro de 2016, afinal, 2015 (ano muito ruim) ainda não acabou.

Neste volume dediquei toda uma parte dele a Meditações. De fato, foi um período com bastante meditações. Ou seja, este livro pode ser também um insumo para sua vida espiritual. 

Neste volume eu modifiquei a estrutura das partes em relação ao primeiro, que tinha diversos temas. Neste fiz apenas cinco grandes temas em que dispûs os textos:

I - Igreja
II - Política
III - Cultura
IV - Renúncia de Bento XVI e Conclave
V - Meditações

Ficou muito boa esta distribuição. O leitor pôde ver todo o meu pensamento se desenvolvendo ao longo dos anos. Confesso que foi uma grande reflexão para mim colocar tudo isso junto, e olhar os textos de maneira comparativa.

Bem, leitor, entrego sincero o que me propûs. Os direitos autorais que recebo são bem menos da metade do valor do livro, porém fico satisfeito que com cópias em papel em sua mão, leitor, o que escrevo ficará mais perene e terá mais utilidade. 


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.