Um papa, suas palavras e gestos

/
5 Comentários


"Nos últimos anos, depois de tantos mal-entendidos, muitos países latino-americanos viram crescer a fraternidade entre os seus povos. Os governos da região juntaram seus esforços para fazer respeitar a sua soberania, a de cada país e a da região como um todo que, de forma muito bela como faziam os nossos antepassados, chamam a «Pátria Grande». Peço-vos, irmãos e irmãs dos movimentos populares, que cuidem e façam crescer esta unidade. É necessário manter a unidade contra toda a tentativa de divisão, para que a região cresça em paz e justiça.

Apesar destes avanços, ainda subsistem factores que atentam contra este desenvolvimento humano equitativo e coarctam a soberania dos países da «Pátria Grande» e doutras latitudes do Planeta."


***

Opa, o papa simplesmente não deixou na Bolívia as "condecorações". Ele dedicou a Nossa Senhora de Copacabana. Isto inclui o colar com a foice e o martelo que usava.

(ACI Digital) “Agradeço o carinho do povo boliviano e agradeço este detalhe, esta delicadeza do Senhor Presidente e gostaria de deixar estas duas condecorações à Padroeira da Bolívia, à Mãe desta nobre Nação para que Ela sempre se lembre do seu povo”.

Meu Deus... Meus amigos me desculpem, mas não me parecem palavras de reprovação...


Você também pode gostar

5 comentários:

  1. Olha, isso tudo, acho eu, foi pior do que o "Quem sou eu pra julgar?"
    Vê lá se a Santíssima Virgem vai querer essas abominações como presentes?! Chega a ser até um sacrilégio.

    ResponderExcluir
  2. Concordo, plenamente, Ana Maria, Esse Papa me aterroriza.

    ResponderExcluir
  3. Concordo, plenamente, Ana Maria, Esse Papa me aterroriza.

    ResponderExcluir
  4. Será que ele ofereceria a Nossa Mãe um símbolo de uma ideologia bem menos assassina como a suastica nazista?

    Se ofereceu a foice martelo que matou milhares de padres, não deveria de se incomodar com algo que matou Edith Stein, Maximiliano Kolbe e mais alguns poucos.

    Nossa Senhora tenha piedade.

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus!!!!
    Fico cá querendo crer, que tudo é sonho, tudo não passa de delírios sonolentos...
    Mas cá pra nós! Será que estes penduricalhos supersticiosos, satânicos e daninhos ao cristianismo, que o santo padre usou na sua visita aos países de quarto mundo latino-americano, são mais belos que as vestes tradicionais Pontifícias, tais como: Muzeta, Estola e a Mitra Pontifical, Anel do Pescador e outros?

    Meu Deus, eu creio, mas aumenta a minha pouca fé!

    Rezemos, rezemos, rezemos ao santo padre!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.