Schopenhauer explica

/
0 Comentários
"A cortesia é decerto uma tarefa difícil, uma vez que ela exige que demonstremos o maior respeito a todas as pessoas, enquanto que a imensa maioria delas não merece respeito algum; assim como que simulemos o mais vivaz interesse nelas, enquanto que devemos nos alegrar em não ter nelas interesse algum. - Combinar cortesia e orgulho é uma maestria."
Schopenhauer

De maneira muito irônica, o filósofo deu o elo perdido necessário para tratar com os bispos vermelhos, estes comunistas excomungados, apóstolos de Gramsci, não de Cristo. Enquanto devemos dar uma certa cortesia exterior superficial devida ao cargo (que ocupam indignamente, ainda assim ocupam), precisamos internamente nutrir o mais profundo desprezo e oposição às idéias malignas com que envenenam a Igreja, e combatê-las em todos os campos.


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.