Nossa moral e a deles

/
2 Comentários
Arco de Tito

Nossa moral e a deles: Enquanto o Estado Islâmico explode ruínas inofensivas, nós, cristãos, preservamo-las. Aqui vocês podem ver o Arco do Triunfo do Imperador Tito, pagão, aquele que destruiu o Templo de Jerusalém. Apesar de termos todos os motivos para detestá-lo, vejam nas inscrições no verso do Arco que o Papa Pio VII foi quem o restaurou e deixou assim bonitão para nossas futuras gerações o verem. Podem ler PIUS SEPTIMUS PONTIFEX MAX. E não só o Arco de Tito, os papas meteram a mão no bolso para manter de pé o Coliseu em que tantos de nós fomos mortos, como o Cárcere Mamertino onde Pedro foi preso, e ainda tantas outras ruínas que existem em Roma. A alvenaria dos velhos templos pagãos que o tempo, vândalos, godos e lombardos não destruíram, nós as reformamos e sustentamos, ora em igrejas, ora em museus, ora em ruínas mesmo tais quais. Tivemos quase quinze séculos para as destruir, mantivemo-las de pé. O Estado Islâmico não suportou dois anos Nimrud e nem suportará Palmira.


A Cruz não teme velhos mármores dos pagãos. Muito pelo contrário, ela veio para salvar até quem vivia sob eles. Ela veio para eles.


Você também pode gostar

2 comentários:

  1. Isso é verdade. Uma coisa é certa, Jesus nos ensinou a amar e perdoar.

    ResponderExcluir
  2. É verdade Frei. Mas hoje temos os nossos "ISIS" na cúpula e na cnbbisis. Esses ISIS não estão destruindo monumentos. Eles estão destruindo a moral cristã.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.