Meditações na Páscoa - I - Tríduo

/
0 Comentários
Bom, senhores, estamos no tríduo pascal. A luta no mundo prossegue segunda-feira, agora temos de lutar contra os Principados e Potestades junto de Nosso Senhor.

O que Cristo viveu na Paixão, vivemos também no dia-a-dia, em muito menor grau. Cristo viveu a soma de todos os males da Humanidade, nós vivemos suas parcelas, mas como estas parcelas também dóem!!! Mas em nossos males, somos tanto vítimas como carrascos. Somos culpados deles, e somos vítimas.

Cristo sendo todo inteiro vítima, é salvador. Veio sim como vítima, para salvar a humanidade diante da Justiça do Pai. Ele veio como Deus Salvador para uma humanidade que merecia um Deus Carrasco.

Caminhemos com Cristo nesta Páscoa, mesmo que tenhamos dormido no horto até aqui. Há muitas vagas no Calvário aos pés da cruz. E mesmo quem nunca foi até então apóstolo pode fazer algo por Jesus, seja o defendendo como a esposa de Pilatos, seja enxugando seu rosto como Verônica, seja carregando sua cruz como Cireneu, seja reconhecendo sua divindade como o centurião Longinus, seja solidarizando-se na dor como Dimas, seja, finalmente, emprestando o próprio túmulo como José de Arimatéia.

Boa e santa Páscoa!


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.