Lógica torta

/
0 Comentários
Caroço de azeitona é caroço
Caroço de abacate é caroço
Tente sucessivamente engolir eles e você verá que não dá para igualar seus efeitos apenas por uma categoria geral.

Unha encravada é doença
Leucemia é doença
Tente sucessivamente sofrer delas e você verá que não dá para igualar seus efeitos apenas por uma categoria geral.

Permitir pensamentos imorais é pecado
Cometer um homicídio é pecado
Tente sucessivamente comete-los perante a lei de Deus e a lei dos homens e você verá que não dá para igualar seus efeitos apenas por uma categoria geral.

Podem parecer extremos os exemplos didáticos que dei acima, mas frequentemente tal é a confusão mental e lógica do brasileiro moderno que iguala os desiguais caindo em erros lógicos e inclusive morais. Se você falar do veneno, alguém falará que o remédio que cura também é tóxico em doses cavalares e igualará a ambos. Se você disser que 2 é maior que 1, alguém dirá que 2 bilhões também é maior que 1 e concluirá que 2 é igual a 2 bilhões. Isso se dá mesmo em quem está estudando sério, não dá para apagar todo o dano que a Escola de Frankfurt e Paulo Freire fizeram em nossa educação: temos lógicas tortas até para lidar com informações certas.

***

Lógica ensinada nas escolas atuais:
a) 2>1
b) 2.000.000.000 >1
logo:
2=2.000.000.000

***

Lógica ensinada nas escolas atuais:
a) 2>1
b) 2.000.000.000 >1
logo:
A quem interessa deprimir o 1?

***

Lógica ensinada nas escolas atuais:
a) 2>1
b) 2.000.000.000 >1
logo:
É necessário libertar o 1 da opressão estrutural do sistema decimal.

***

Lógica ensinada nas escolas atuais:
a) 2>1
b) 2.000.000.000 >1
logo:
É umfobia!!!

***

Lógica ensinada nas escolas atuais:
a) 2>1
b) 2.000.000.000 >1
logo:
É evidente que a minoria do 1 ainda não se conscientizou de que os sistema é estruturado todo sobre ela, e que ela sustenta a tudo. Precisamos aprender com o um. Precisamos dar vida e vida em abundância ao 1 (esta última é na catequese)
- E como fica o zero, professor? 1>0 !!!
- Coxinha! Reaça! Tucano! Golpista! Olavete!


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.