O problema do papa

/
2 Comentários
Sabem qual é o problema do papa Francisco? É "faça a fama e deite na cama". De tal maneira suas declarações foram destrambelhadas, seus atos de autoridade foram mesquinhos, seus protegidos foram arrogantes, suas intervenções doutrinárias confusas que o papa perdeu o respeito de parte importante da Igreja. E digo mais, não só respeito, mas CONFIANÇA. Mesmo que ele faça apenas o certo, mesmo que seja um santo vivo, verá as pessoas se afastando, suspeitando, calando, sendo defensivas, vendo apenas más intenções. Tomo como base seu antecessor. Havia quem humilhasse Bento XVI a todo momento, mas ninguém entre seus adversários negava ser ele um homem honrado, zeloso e de retas intenções. Já com Francisco é o inverso, ninguém o humilha, seu cargo é venerado, mas ele é temido e quem o teme não põe a mão no fogo por suas intenções. O cristal da confiança se quebrou. Questionem qualquer expert em gestão se um líder consegue prosperar sendo obedecido mas não acreditado, sendo temido mas não seguido. 

Miserere mei...
Prevejo anos medíocres para o resto do pontificado do nosso santo padre. Se ele realmente queria fazer alguma grande obra, cortou um braço fora. Mesmo os papas necessitam da confiança dos subordinados. A História Sagrada nos ensina: Pedro era aceito pelos onze apóstolos, primeiro como capitão de um barco de pesca e depois como capitão da Igreja. Moisés era aceito pelas doze tribos, e grande parte do seu medo em aceitar sua missão na Sarca Ardente não era o faraó, mas ser aceito por Israel, ele que fora atacado por apartar uma simples briga. Quando a liderança de Moisés foi novamente contestada, o Altíssimo mesmo teve de intervir, a terra se abriu e os cismáticos desceram vivos aos infernos antes que o povo se perdesse. Quando os sacerdotes filhos de Heli perderam o respeito pela sua corrupção, perdeu-se a Arca da Aliança para os filisteus, quando o rei Roboão humilhou o norte o reino do grande Salomão se dividiu e decaiu, quando Urbano VI atacou os cardeais veio o grande cisma, quando Leão X era ironizado como glutão e sibarita em panfletos (não que não fosse) a Igreja rachou para sempre.

Tempos complicados virão....


Você também pode gostar

2 comentários:

  1. #FranciscoNãoMeRepresenta!

    Francisco cometeu heresia ao rezar em direção a Meca, já não basta o absurdo sobre sua exortação aos neocomunistas dos movimentos 'populares', agora acenou para religião do anticristo, já que em referência ao 1 João 2, 22, o Islão nega que Jesus é Deus e Filho, Francisco ofendeu os mártires pela Jihad em desde Maomé até hoje.

    E a História revela que Maomé era um carniceiro e (até pedófilo: se 'casou' com Aisha quando ela tinha apenas nove anos.) A doutrina do Islão é implantar a Sharia no mundo e a Jihad é seu principal meio. Alguns trechos do Alcorão:

    4:101 “… os incrédulos; em verdade, eles são vossos inimigos declarados”.

    4:74,76 “Que combatam pela causa de Deus aqueles dispostos a sacrificar a vida terrena pela futura, porque a quem combater pela causa de Deus, quer sucumba, quer vença, concederemos magnífica recompensa. Os fiéis combatem pela causa de Deus; os incrédulos, ao contrário, combatem pela do sedutor. Combatei, pois, os aliados de Satanás, porque a angústia de Satanás é débil”.

    4:89 “Não tomeis a nenhum deles por confidente, até que tenham migrado pela causa de Deus. Porém, se se rebelarem, capturai-os então, matai-os, onde quer que os acheis, e não tomeis a nenhum deles por confidente nem por socorredor”.

    5:54 “Ó fiéis, não tomeis por confidentes os judeus nem os cristãos; que sejam confidentes entre si. Porém, quem dentre vós os tomar por confidentes, certamente será um deles; e Deus não encaminha os iníquos”.

    O islamismo não é da paz:

    Queremos lembrar ao leitor que só vamos usar os escritos mais antigos, autoritários e de origem Islâmica em apoio à nossa tese. A primeira biografia do profeta Mohamed foi escrita por Ibn Ishaq, no segundo século da era Islâmica e mais tarde foi editado por Ibn Hisham, no terceiro século. Este trabalho foi traduzido para o Inglês sob o título A vida de Muhammad, por A. Guillaume e publicado pela Oxford University Press em 1955. Os relatos a seguir são alguns dos ditos e ações do profeta Mohamed e de seus companheiros íntimos encontrados nesta biografia.

    O primeiro da série de assassinatos que o profeta ordenou foi o de um velho Judeu chamado Ibnu’l-Ashraf. Seu crime foi escrever poesia contra os Muçulmanos. “O apóstolo disse: ‘Quem vai me livrar de Ibnu’l-Ashraf?”. Um de seus seguidores se ofereceu e disse: “Vou cuidar dele para você, Ó apóstolo de Deus, eu vou matá-lo”. E o profeta respondeu dizendo: “Faça isso, se você puder”. O profeta também explicitamente deu a seus assassinos permissão para mentir e usar de artimanhas para realizar sua missão. O registro continua a descrever como os seguidores do profeta enganaram o velho fora de sua casa no meio da noite e o atacaram com espadas e punhais, assassinando-o brutalmente. Depois de completar sua missão, os seguidores retornaram relatando ao profeta que “haviam matado o inimigo de Deus”. O autor conclui este incidente escrevendo: “Nosso ataque contra o inimigo de Deus lançou terror sobre os Judeus, e não houve Judeu em Medina que não temesse por sua vida” (pg. 367-368).

    Em outro famoso incidente com o povo Judeu, depois de já ter expulsado duas tribos Judaicas da cidade de Medina, o profeta orquestrou a execução de todos os machos adultos da ultima tribo de Judeus da cidade e a tomou todos os bens, as mulheres e crianças. As fontes Muçulmanas dizem que o número de Judeus foram decapitados em um dia foi entre 600 a 900 (P. 464).

    Fonte: http://www.answering-islam.org/portugues/terrorismo/islaviolencia.html

    Bento XVI que me representa! Aparição de La Sallete, reconhecido pela Igreja avisou, todo católico não é obrigado acreditar, mas eu acredito: "Roma perderá sua fé e se tornará sede do Anticristo."

    http://aparicaodelasalette.blogspot.com.br/p/o-segredo-de-la-salette-completo-em.html

    ResponderExcluir
  2. Concordo com suas palavras, Frei, tenho muita dificuldade em aceitar as ações do papa, vejo
    posições de católicos da linha de Lefevre que o chamam de falso profeta!!Minha cabeça pira...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.