E viva a escola liberal de economia no bom combate!

/
0 Comentários

A esquerda foi excelentemente bem sucedida ao inocular nos católicos, e aqui me refiro aos conservadores e bem formados, um ódio subconsciente e irracional às escolas liberais de economia. Foi um golpe de mestre. Sempre que falo de Mises, Hayek, Friedman ou outro grande da economia - ciência mundana - vejo esgares de ódio irracional em muitos católicos. É pura programação mental esquerdopata porque ouso dizer que 99% de nós não sabe patavina no que estes senhores disseram ou da ciência que ensinaram. "Ouviram falar" provavelmente num hábil esquema gramsciano que são "contra a doutrina", o que é falso. E num mundo dominado pelo marxismo, e a Igreja também vítima dele, os programadores mentais gramscianistas conseguiram que tenhamos preconceito e repilamos os grandes contestadores e combatentes das idéias marxistas na economia (além de todos os outros ramos do conhecimento que esta doutrina nefasta pode ser combatida). E de tal maneira é paradoxal isto que é como se fôssemos contra o arianismo mas rejeitássemos Atanásio, como se fôssemos contra o maniqueismo mas rejeitássemos Agostinho. É como se o câncer habilmente ensinasse o corpo a rejeitar o composto da quimioterapia.


Aqui vai a dica: as esquerdas puseram muito joio no meio do trigo muitos anos antes e ainda não vimos todo ele. Sejamos mais prudentes, leiamos mais, pensemos mais e vamos agir estratégicamente: nosso inimigo é a mentalidade revolucionária, anticristã e mentirosa pela definição. Todas as ajudas e todos os estudos que debulharem e contestatem esta grande ameaça à nossa fé são nossos aliados, e servem à verdade cristã ao exporem a mentira esquerdista, mesmo que não estejam na perfeição católica. Não podemos querer lutar apenas cercados de Agostinhos e Aquinos. Muitos homens bons e honestos, em diversos graus de graça e proximidade à Verdade, precisam estar conosco nesta luta. Não sejam mais idiotas úteis das esquerdas repetindo slogans, mesmo pensando serem ortodoxíssimos assim.



Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.