Bienal e pobrismo

/
4 Comentários


Você também pode gostar

4 comentários:

  1. O culto ao pobrismo é uma característica das esquerdas para subirem ao poder via pessoas que não percebem que são usadas como trampolim para alcança-lo, fazendo-os de massa-de-manobra, só que, após conseguidos os objetivos, os submente à escravidão, caso Cuba.
    A marxista Teologia da Libertação sempre usou desse expediente na dissimulada "opção preferencial pelos pobres", apoiada por comunistas religiosos dissensos da Igreja católica, sendo isso a promoção da ignorância, coroação da incompetência e santificação da vagabundagem, sendo exemplo o milionario Lula que se faz verbalmente igual à camada periférica, sempre atacando os patrões, as elites, os burgueses e os imperialistas, como se ele não pertencesse a essa categoria.
    "Chame os outros do que v é e acuse os outros do que v faz" - Lênin.
    A desfaçatez do pobrismo é de país onde estadios valem mais que saúde, educação etc., onde a vadiagem é sustentada pelos operarios, não pelo partido dos invejosos e cobiçadores dos bens alheios, querendo se passar por trabalhadores, o PT.

    ResponderExcluir
  2. Os comunas quando entram num país, como são malucos, tudo fica mudado para pior, sendo como colocando os do pinel para prefeitos, vereadores etc numa cidade, e aí que o cemitério vai para o centro, o restaurante é ao lado do córrego de esgoto a ceu aberto, e assim por diante.
    As artes ficam todas manchadas das ideias pinel deles, tudo esquisito, parecendo só coisas macabras, distorcidas, como já vi, mais parecendo retratos de pessoas possessas de coisas estranhas, e os comunas estão.

    ResponderExcluir
  3. Pô Frei, tu é muito ditador não deixa nem umas brincadeirinhas na tua página. Me desbloqueia lá, prometo que não vou falar do santo aécio do qual tu és muito devoto. Paulo André.

    ResponderExcluir
  4. Aha, eu te pus no cantinho da disciplina.
    Ex Aetium Nulla Brasilia Sallus. Pode falar mal dele depois do segundo turno. Até lá, seja bonzinho...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.