A distância muda tudo

/
1 Comentários
Um problemão visto a distância não é tão ruim, e um probleminha de perto é uma tragédia. Uma montanha longe é tapada com a ponta dos dedos mas para uma criança o quintal de sua casinha é uma imensidão. Mais dói o corte de papel no nosso dedo que um infarto no vizinho.

O Sol está entre as menores estrelas brilhantes da Via Láctea, mas aqui na Terra nada brilha mais que ele. Em contrapartida um vaga-luma a noite brilha mais que as distantes supergigantes Sírius e Antares que são mil vezes maiores que o Sol.

Tudo na vida é perspectiva. Agora pense na perspectiva de Deus ao considerar seus problemas e pense como ele, que é infinito, dá mais atenção e amor aos vagalumes humanos que as brilhantes estrelas da corte dos anjos. Pense na enormidade que foi Deus morrer, e morte humilhante de cruz, por um homem. Não foi uma Antares destruída por um grão de areia, foi o próprio infinito que voluntariamente se aniquilou para salvar não só criaturas, mas criaturas pecadoras e indignas.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!


Você também pode gostar

Um comentário:

  1. No contexto acima, diferenciando distancia e proximidade de problemas, imaginemos nós aqui e lá os terríveis sofrimentos por que passam os cristãos e minorias outras no Iraque e Siria, caçados como animais selvagens por feras ainda piores, pois S Paulo diz que um dos defeitos mais graves dos gentios, pagãos e culturadores de Satã - é a falta de sentimentos, como os animalizados entes muçulmanos, como animais selvagens devorando suas presas, em nada se diferindo.
    Quanto ao verdadeiro amor com que Deus nos dedicou, a mesma distancia ao inverso do "amor" que Lhe dedicamos!
    Roger

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.