Dança, dança, Salomé...

/
2 Comentários
SALOMÉ é a filha histórica de Herodíades e que é associada como a que pediu a cabeça de São João Batista, cujo martírio celebramos hoje. Salomé, por sugestão vingativa da mãe, pede que matem o profeta como pagamento por uma dança erótica a Herodes (Costumeiramente associada à famosa Dança dos Sete Véus).

Salomé vem da mesma raiz do hebraico PAZ, de onde vem as palavras SHALOM, SALIM e SALOMÃO. Salomé é a menina da paz. Suprema ironia da História Sagrada, que a menina da paz, por pagamento de sua sensualidade a um rei depravado, peça a morte não só de um santo, mas do último dos profetas, o novo Elias, e parente de sangue do próprio Messias. A cabeça do profeta é entregue numa bandeja de prata, e as artes se encarregaram de imaginar Salomé tripudiando da sorte do santo. A pura cabeça numa bandeja de presente a uma impura.

Assim é a paz do mundo, a Paz de Salomé, que só se contenta com a morte dos justos. Para que haja a paz para os depravados Herodes e Herodíades, os santos devem ter a cabeça servida humilhados. Que o Batista fosse calado para dar paz à velha Herodíades, que Herodes fosse seduzido pela própria afilhada, e que a adolescência erotizada de Salomé servisse de moeda de troca, tudo foi pouco naquela corte de tarados, quando o Poder Público é tomado pelos psicopatas são os bons quem são oferecidos numa bandeja. E Salomé dança, feliz e contente, achando-se a melhor, a mais esperta e a mais dominadora. Iludida como é toda erotização da juventude, para uso, gozo e deleite dos velhos infelizes Herodes e Herodíades.

Salomé é a tola menina da paz.
A paz mundana que se oferece aos poderosos
A paz da morte dos justos.
Isso Paz?????
Rejeito esta paz!


Você também pode gostar

2 comentários:

  1. EIS OS VAMPIROS!
    Cabeças de justos na bandeja é o perfil da mesma paz que o mundo das ideologias composto de mortos ambulantes promove e se deleita, os quais estão inclusos nos dois sentidos: mortos pelo pecado, o pior, e esperando a hora de partirem para receberem a justa recompensa pelos atentados aos filhos de Deus - e só se satisfazem quando vêem seus planos vingando e conseguindo impor suas ideologias, vampiros à cata de sangue humano dos discordantes - particularmente de cristãos, sendo os atuais apologistas de tudo que seja inverso às leis de Deus e da Igreja.
    Lamentável é que por detrás desse sangue vertido e cabeças doutros parecidos com João Batista hajam pessoas de dentro do próprio cristianismo!
    Os comunistas e muçulmanos, por sinal amigos, enquadram-se perfeitamente no esquema Salomé de uma suposta paz fundamentada na injustiça!!

    ResponderExcluir
  2. Interessante, intrigante e certeiro.
    Abraço
    Pedro Erik

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.