É assim que se faz

/
1 Comentários
(O idólatra rei) Acab saiu ao encontro do santo profeta Elias. Ao vê-lo, Acab lhe disse: 
- Eis-te aqui, o perturbador de Israel!
- Não sou eu o perturbador de Israel - respondeu Elias - mas tu, sim, e a casa de teu pai, porque abandonastes os preceitos do Senhor e tu seguiste aos Baal!!!!
1 Reis 18,16ss

Aprenderam com o profeta como se lida com uma "otoridade" inimiga da Lei de Deus? Não tenham medo não! Respondam como o santo Elias. Sem pudores mundanos. Elias não ficou com mimimi de "o rei é um ungido não posso falar nada". Rei idólatra é ungido apenas para a perdição, assim como bispo comuna. Aja com respeito, mas não leve desaforo para casa dos ímpios.


Você também pode gostar

Um comentário:

  1. Pe Paulo Ricardo em recente vídeo mencionava que a maioria dos sacerdotes do Brasil - mesmo muitos bispos - devido à formação apenas sob o prisma aristotélico não compreendem a dialética comunista, sua engenharia social e de como vendem facilmente gato por lebre e o que há numa mente revolucionaria, o que têm coragem de fazer pelo poder, agindo como rolo compressor contra quem os queira impedir e utilitaristas como são usando os incautos como massa-de-manobra, tendo a mente bestializada pelo ódio que os impulsiona; são satanistas.
    Aliás, esse trabalho mais político deveria ser executado pelos leigos, em geral só cuidando de "correr atrás", deveriam ser os encarregados, já que vivem no mundo exterior..
    Tem toda razão, pois se houvesses religiosos em algumas centenas e leigos que se formariam nesses critérios - inclui-se sr. frei Rojão como um dos poucos confiáveis instrutores, em nada diverge dele, por sinal mais contundente - quase nomeáveis de tão diminutos que são, pelo menos da net, o Brasil hoje não estaria sob as patas dos comunistas ou se safaria delas rapidamente.
    Os leigos católicos em geral comportam-se uns frouxos, apáticos, alienados à fé,pouco ou nada entendem de doutrina da Igreja, menos ainda de política e, quando se anda pelas ruas, o que se ouve mais é falar sobre futilidades, como sexo, futebol e outros.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.