O bobo da corte

/
1 Comentários

Gregório Duvivier, o cínico e bem pago bobo da corte de Marcelo Freixo e do PSOL, está para o humor assim como uma rapariga de rua está para o amor. Quando pretende-se pensador, de rapariga passa à cafetina ideológica. Mas repensando melhor, a rapariga é mais honesta que ele, porque ela não esconde o que é nem se finge de boa moça.

O bobo da corte ataca Olavo de Carvalho pelas suas críticas ao comportamento dos brasileiros. Num pais que um homem destes, Duvivier,  tem espaço em jornais e livros como grande pensador, certamente as críticas de Olavo tem razão... Em tempo, este mesmo tolo atacou o Cardeal Scherer.  O tal "sucesso" do Porta dos Fundos na verdade é apenas uma ação entre amigos dos esquerdistas da mídia. Grupos muito mais talentosos, como o Parafernalha, labutam e disputam acessos no YouTube por não se curvarem ao Baal esquerdista. Numa época de governo Leviathan, até o humor é patrocinado pelo Partido Comunista dos Trabalhadores. E que mimo é ver o Kibe Loco fazendo propaganda estatal para o Enem...


Você também pode gostar

Um comentário:

  1. O "humor" praticado pelo Porta do Fundos não passa de uma doutrinação marxista, ataque aos adversários da ideologia, porém, sob forma de humor, assim como existe a doutrina ideológico-marxistas sob forma de religião católica, embora apenas nas aparência, praticada pela esquerdista Teologia da Libertação; os comunistas priorizam absolutamente o sistema de comunicações, pois sabem que por meio de suas falsas propagandas de forma massiva e sem confrontação, sobem ao poder e conseguem se manterem por muitos anos, caso PT, que propaga uma e faz ao contrario, como ex a quase falida Petrobrás, mas que na tv aparece como uma sólida empresa; tudo falso.
    Há horas que penso que foi o PT que ensinou o diabo de como saber dissimular-se em anjo de luz...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.