Pussy Riot versus KGB Riot - Por mim, que percam ambos

/
2 Comentários

Li tardiamente (ò consultórios médicos, sem vós, nunca veria a Globo ou leria a Veja em papel!) as páginas amarelas da Veja sobre a entrevista de uma das integrantes da banda Pussy Riot. Pois é, sem saber quem era, abri e falavam de um país em que o governo era uma oligarquia corrupta e cerceia a imprensa para por na marra sua versão. Achei que falam do Brasil, mas era a Rússia.

Para o leitor que está por fora, Pussy Riot é uma banda com o velho pacote de sindicalismo gay, feminazi, abortista... padrão, usual, demoniacamente padrão do típico tipo de artista de titica usado na guerra cultural para acabar conosco. A banda foi presa por ordem do Czar russo, Vladimir Putin, que deu uma guinada conservadora e encanta a muitos cristãos desapontados no ocidente, enquanto governa a Rússia com uma concentração de poder tal não vista deste o Czar Stálin. 

Belzebu versus Lúcifer! Agora um pouco de história recente da Rússia:


Com a queda da URSS, os antigos comunistas tradicionais se viram traídos pelos seus aliados financistas ocidentais, os socialistas fabianos (a aliança entre comunas e financistas é mais velha que a Revolução Russa. Lênin em seu congresso londrino em 1905 e Stálin em seu terrorismo sindical em Baku já recebia generosas doações dos empresários, vejam "Lenin in Exile" e "O Jovem Stálin", descritos na bibliografia comunista ao lado no blog). Como a estrutura político-militar-policial de poder da União Soviética ainda estava funcionando, levou o tempo de Yeltsin morrer de cirrose para que a nascente (ou melhor, inexistente) democracia russa derretesse como geada sob o sol e uma ditadura no mais belo modelo russo surgisse, desta vez a testa do ex-KGB Vladimir Putin. Democracia russa é a mesma coisa de planejamento brasileiro, são oxímoros, palavras que se auto-cancelam e se negam. Não faz parte do espírito político russo a democracia assim como não faz parte do brasileiro qualquer planejamento. Putin reuniu em si todos os comunistas tradicionais soviéticos e montou seu estado, ajudado por uma generosa e gorda contribuição financeira da exportação do gás russo para a Europa. Seu conservadorismo é de ocasião, é mais falso que nota de três rublos. Porém está lançando o poderoso projeto geopolítico do Eurasianismo, para lançar as bases da ascensão da Rússia e vingança do Ocidente, que deixou a URSS cair e quis relegar seus velhos dirigentes à lixeira da História. Putin é o KGB Riot. 

Muito bem, o que temos ai é uma luta entre o primeiro bloco e o segundo bloco, conforme escrevi no meu livro. Iniciativas como o Pussy Riot são apenas a oligarquia financeira ocidental financiando o esmerdeamento da Rússia. E Putin se volta contra eles por cálculo, não como valores. Nesta guerra de socialistas, valores são joguetes, são fantoches, são sombras na parede manipuladas habilmente pelos artistas. Se fosse conveniente para a sua ditadura, Putin apoiaria o Pussy Riot. E se fosse conveniente para os senhores do Ocidente, eles que estaria financiando leis pela moral e costumes na Rússia. É muito importante que os católicos romanos nãos e deixem seduzir pela Igreja russa, por mais desacorçoados que fiquem. Afinal, a atual Igreja católica russa (afinal, a igreja ortodoxa de verdade é a Igreja romana) foi aquela que foi permitida retornar por Stálin. Vocês acham que os soviéticos, tão bem sucedidos em devorar povos inteiros, não foram capazes de destruir completamente a sucessão apostólica e a tradição cristã do país?

Portanto, muitas vezes os canalhas se pegam pelo pescoço. Nós fatalmente seremos presas ou do Pussy Riot (vejam as "Putinhas aborteiras", brasileiríssima versão de Tarso Genro) ou da bota pesada de Moscou. O primeiro ou corrói as nossas crenças, o segundo as proíbe e reprime. Sim, no parágrafo anterior falei da volta da Igreja russa. Assim como sumiu e voltou, pode voltar a sumir por desejo estatal. 



Você também pode gostar

2 comentários:

  1. Essa historia mais se parece como MMA; um embate entre Edir Macedo x Valdomiro Santiago.
    Pai-de-Santo x Babalorixá!
    Putin tem cativado muita gente para seu lado nessa retórica de puritanista, defensor dos direitos de família, anti gay e muitas outras simulações, assim caindo no golpe muitos bem informados - ou com intenção de desinformar, cooptar adeptos; note-se que a "defesa" dos valores tradicionais é tão veemente de parte dele que agora já se desconfia, enquanto por outro lado toma medidas de totalitarista e concede apoio a muitas suspeitas causas, caso Crimeia, Ucrania etc..
    Como se parece com o PT!
    Noutro front, há altos hierárquicos católicos se passando como tal na mesma direção, a serviço dos suspeitos poderes ideológicos, quiçá infiltrados - não são poucos - e na própria CNBB e suas vertentes encontram-se vários exemplares de componentes dessa ala que intitularia BANDA PODRE na Igreja.
    Os comunistas para chegarem ao poder simulam qualquer coisa necessária à causa: desde sacerdotes católicos em defesa dos pobres e marginalizados até a íntegros defensores dos valores ético-morais, como Putin; afinal, "todos os meios justificam os fins"!

    ResponderExcluir
  2. Experimente votar antes das eleições, acessando: http://sbt-canal.blogspot.com.br/2014/05/vote-agora-blog-do-sbt-lanca-enquete_11.html
    O resultado de agora saiu assim:
    (PSDB) Aécio Neves 39,99% (74773 votos)
    (PSB) Eduardo Campos/Marina 28,14% (52616 votos)
    (PT) Dilma/Michel 12,01% (22448 votos)
    (PEN) Denise Abreu 7,52% (14062 votos)
    (PSC) Pastor Everaldo Pereira 2,11% (3936 votos)
    (PSOL) Randolfe Rodrigues 5,89% (11019 votos)
    (PCB) Mauro Iasi 0,40% (751 votos)
    (PV) Eduardo Jorge 0,27% (502 votos)
    (PSTU) José Maria 0,35% (653 votos)
    (PRTB) Levy Fidélix 0,33% (626 votos)
    (PSDC) Eymael 2,99% (5592 votos)
    Total: 186978 votos.
    Esse aqui expressa a votação dos internautas, os opinantes da atualidade!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.