Em que Constantino detona o hipócrita do Duvivier

/
3 Comentários
Eu sei que tudo isso era para ser apenas humor (pena que fracassou). Poderia ter ficado engraçado. Mas não sejamos ingênuos: o pessoal da (esquerda) festiva, incapaz de reagir com argumentos em debates sérios com a nova direita que surge no país, após tanto tempo de hegemonia da esquerda, apela para o humor como arma de ataque. Tenta criar espantalhos, fazer uma caricatura do "inimigo", pois dessa forma não precisa mais lidar com os oponentes reais, de carne e osso, dessa direita.
Tenta, enfim, ridicularizar toda a direita como se fosse dessa forma descrita acima, um bando de malucos, hipócritas, traidores, reacionários e potenciais assassinos. O mais hilário, claro, é que devem fazer isso diante de um espelho, pois acabam descrevendo com muito mais fidelidade a própria turminha autoritária e hipócrita da esquerda caviar, gamada num uniforme verde-oliva e num cartão de crédito…

Excelente texto do cada vez melhor Rodrigo Constantino desmascarando a hipocrisia do palhaço do regime, o já rico Gregório Duvivier. Convido-os a lerem. Este mesmo Duvivier que atacou o Cardeal Scherer com um violento e mentiroso texto por um comentário no twitter, este mesmo Gregório Duvivier sem talento do já decadente que a cada três programas precisa fazer um avacalhando com Jesus Cristo. É isso ai, quando não se tem talento se é palhaço do regime. É um ótimo negócio. Ou vocês acham que ele teria um espaço para artigo na Folha apenas por seu talento fazendo sketchs de humor no youtube? Pfff...

Tudo é arquitetado. Como escrevi no capítulo VI do Política Eclesiástica para Conservadores (se você não leu meu livro ainda, baixe e leia!):

Mesmo no Império Romano, a perseguição aos cristãos teve um componente cultural. O grafite de Aleximenos, em que retrata um homem com cabeça de burro crucificado e a inscrição "Aleximenos adora seu Deus" é um testemunho eloquente de que não se tratavam de atos isolados da cúpula governamental romana preocupados com a tessitura do Império e com a "pax deorum". Antes do martírio vinha o desprezo da população.
 
A laranja não cai longe da laranjeira. Antes do massacre sistemático dos judeus pelo Terceiro Reich há menos de cem anos atrás, nem preciso dizer da intensa propaganda da qual eles foram vítimas. (...) A Igreja vem sendo tão covardemente atacada por todos os lados que ela cai na chamada "Espiral do Silêncio". Já perdeu o protagonismo, já perdeu até a vontade de se defender. Faz suas boas obras em silêncio e cada vez mais em silêncio. Alguns até de tão envolvidos nisto dão razão aos detratores.
 
É a pior atitude possível. Não se dialoga com quem quer te matar.  E eles querem nos matar. A sátira precede ao martírio.

Saul Alinsky, o Gramsci das esquerdas americanas, coloca o humor como uma arma ofensiva muito útil nas suas Regras para Radicais. Portanto não se iludam. Gregório Duvivier não é um idiota útil. Ele é um ideólogo das esquerdas, fazendo sua parte no show business. É nossa função denunciar estes mentirosos e farsantes intelectuais como o que eles realmente são. Vocês ouviram o Apóstolo: "Não tomeis parte nas obras estéreis das trevas, mas, pelo contrário, denunciai-as. O que essa gente faz em segredo, é vergonhoso até dizê-lo" - Ef 5,11-12

Tudo é muito bem arquitetado. Não se esqueçam que este mesmo Gregório Duvivier participou da ato em desagravo a Marcelo Freixo, cujas conexões com os black blocs ficaram patentes. Além da mesma ONG que financiou sua campanha haver tungado o dinheiro doado ao tal Amarildo. E como recordar é viver, veja aqui uma resposta devastadora aos ataques de Gregório Duvivier ao Cardeal Odilo Scherer.






Você também pode gostar

3 comentários:

  1. VIVEMOS NUM AMBIENTE PIOR QUE CHIQUEIRO DE PORCOS!
    O acima, representa um lamaçal, emporcalha não apenas o exterior, mas dentro da pessoa, atingindo sua alma; lava-se e torna-se limpo apenas o visual enquanto por dentro é um sepulcro.
    Essas espécies estilo Duvivier e outras bactérias que vivem empestando nossas vidas, só mesmo poderiam sair de um ambiente marxista revolucionário em que ele mesmo se encarrega da auto destruição, assim como de todos que o cercam.
    Só mesmo uma sociedade relativizada para dar ouvidos à alienação ambulante, ou Duvivier..

    ResponderExcluir
  2. Hummm..., entre os patrocinadores desta bosta dos fundos está a FIAT?, bem, o carro já é uma porcaria, agora que soube que eles patrocinam esta turma toda, agora mesmo é que nunca mais vou comprar um FIAT na via, que mais é que esta marca suma do mapa e que a fábrica feche de vez.

    Anonimo Sidnei.

    ResponderExcluir
  3. Não compro destas marcas. Cerveja Itaipava nunca mais.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.