Em que explico opressores e oprimidos melhor que a Campanha da Fraternidade marxista

/
3 Comentários
Quando um padre vermelho vier com a lenga-lenga de "opressão e oprimidos" fale sobre a unha encravada. Eis o mais perfeito exemplo de opressão da unha sobre a carne oprimida. E garanto que interessará a uns 90% do povo na igreja mais do que todo o nhém-nhém-nhém esquerdopata




Mas tenho observado uma mudança de tom. Não é mais "tráfico humano" e "escravos" (porque dá muito na cara dos escravos cubanos, já que a CNBB é aliada tática do petismo) mas é "contra todo tipo de opressão". Ora bolas, isso se aplica a tudo, até unha encravada, que é a opressão da unha sobre a carne.

***

Em tempo, não nos esqueçamos de nosso gesto concreto da campanha da fraternidade:







Você também pode gostar

3 comentários:

  1. Frei,

    que foto "sinistra" essa da unha encravada....tudo a ver com a situação atual.....daqui a pouco tem que arrancar o dedo fora....rsrsrsrs

    abs

    Marcelo

    ResponderExcluir
  2. DILMA É A PRINCESA ISABEL AO INVERSO!
    Também vcs, eleitores do PT, colaboraram com isso, outros escravagistas!
    Postei no Face CNBB: Porque a CNBB não questionou acerca dos médicos cubanos nessa CF ao PT? Praticamente estariam presos, vigiados por 1 em cada 4, sem dinheiro integral do salario, passaporte retido, sem liberdade até de acesso à net onde estão aquartelados.
    Essa é a liberdade dos comunistas e dos que os defendem, sendo a mesma a que estão submetidos os escravos!

    ResponderExcluir
  3. O programa "Mais(Maus) Médicos" desvia mais de 1 bilhão de reais para a ditadura cubana a pretexto de trazer "médicos" (escravos bolivarianos do Século 21, sem exame de revalidação) sem visto de saída, sem companhia de quaisquer familiares, alojados em celas comunitárias vigiadas por agentes do regime castrista, com ordem automática de prisão e extradição para o curral-confinamento da Fazenda dos Irmãos Castro em caso de tentativa de fuga.
    Com a fachada de "multiplicador eleitoral", o nefasto programa de Dilma e Padilha, capitaneado pelo presidente de facto codinome "Barba", destinaria-se ao mais descarado esquema de desvio de verbas da saúde do Brasil para uma ditadura estrangeira já visto na História do Brasil.
    Por isso já preparam manifestações agora dia próximo 22/03 e outras, preferindo a volta dos militares que ficar sob uma corrupção dessa natureza, de oportunistas de plantão.
    O que mais me impressiona é o silencio da CNBB nessas questões; de que lado está esse pessoal?
    CNBB-PT? PT-CNBB?...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.