Caridade para quem precisa. Santa Ira contra quem merece

/
1 Comentários
Um dos grandes erros estratégicos dos conservadores é não distinguir quem fala bobagem de má fé e quem fala bobagem porque foi enganado pelos homens de má fé. Para os primeiros, em que Gregório Duvivier é o palhaço do momento, devemos desmascarar como os mentirosos que são sem nenhum pudor, são canalhas sem vergonha que estão a serviço voluntário do Mal. Quanto aos segundos, tipo o rapaz bom que usa camisa do Che Guevara porque nunca soube do mal que fez o porco fedorento, com estes devemos ter paciência jesuítica e caridade apostólica para tirá-los do erro, com muita mas muita caridade, como quem converte um homem bom da idolatria pagã, como Pedro convertendo seu carcereiro ou Filipe ao ministro da rainha. Afinal de contas, nesta época de hegemonia esquerdista, todos nós fomos do segundo grupo...


Você também pode gostar

Um comentário:

  1. O PORTA DOS FUNDOS do Gregorio Duvivier faz lembrar pelo nome que adotaram: "Na verdade, na verdade vos digo que aquele que não entra pela porta no curral das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador". Jo 10:1
    O outro idiota-útil das ideologias “Porteiro dos fundos”, Fabio Porchat, companheiro do Gregorio, perguntado porque não faz humor com Alá ou Maomé disse:
    Eu, por exemplo, não faço piada com Alá e Maomé, porque não quero morrer!
    Não quero que explodam a minha casa só por isso (risos)…
    Mesmo sem pilheriarem com Alá ou Maomé, vejam o que diz o Alcorão: “Uma vez expirados os meses sagrados, matai os idólatras onde quer que os encontreis, e apanhai-os e tornai-os prisioneiros, e ficai a sua espreita; mas, se eles se convertem, se observam a oração, se concedem a esmola, então deixai-lhes livre o caminho, pois Deus é indulgente e misericordioso.(Sura 9:5).
    Infiel é qualquer pessoa que não confessa os dois credos do Islã, ficando automaticamente condenado á morte:
    1 – Não há outro Deus além de Alá;
    2 – Maomé é o mensageiro de Alá.
    O segundo caso é o desinformado que cai no bico de outros, como dos marxistas, por ignorância deixa-se seduzir pelo erro e o comete, mas chamado á atenção é humilde e propenso a mudar de vida; esse merece toda atenção.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.