A heresia de Fábio de Melo

/
7 Comentários
O joaquinismo era uma heresia medieval que supunha um fracasso de Deus-Filho em implantar seu Reino, portanto Deus-Espírito Santo viria como segundo messias para fazê-lo

O FABIODEMELISMO é uma heresia moderna que sustenta que ante o fracasso de Deus-Filho em implantar seu Reino na terra, ele se conformou, tadinho, em ficar com a Igreja católica como prêmio de consolação, assim muito a contragosto, sabem?

*** 

Nota séria: Se Fábio de Melo não se retratar, está recaindo em heresia. Não digo levemente, ele recai na definição canônica de heresia mesmo, um ensinamento errado de doutrina que tenta se passar como doutrina católica.

PS - O joaquinismo não era tão simplório como descrevi, nem Joaquim de Fiore se via como um heresiarca empedernido como Ário ou Lutero.
Já Fábio de Melo é bem simplório mesmo


Você também pode gostar

7 comentários:

  1. ESSE SERIA O TIPO EXATO DO FRUTO DE NOSSA ÉPOCA IDEOLOGISTA SUPERPONDO-SE À FÉ.
    Não é à toa que ele e similares se empenham para destruir a Igreja de Jesus e implantar a DITADURA DO RELATIVISMO.
    Que ninguém se permita desatentar-se ante à astúcia de entes desse naipe semeando heresias e proferindo blasfêmias, sendo ele um modernista favorável à sodomia, admite um ecumenismo sem restrições ao mix de religiões da Nova Era, veste-se como um artista, nega a presença de Nosso Senhor na Eucaristia, assim condenado-se automaticamente pelo Sacrossanto Concílio de Trento: “Se alguém negar que no Santíssimo Sacramento da Eucaristia está contido verdadeira, real e substancialmente o corpo e sangue juntamente com a alma e divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, e por conseguinte o Cristo todo, e disser que somente está nele como sinal, figura ou virtude — seja excomungado”. (D 883).
    Seria ele um infiltrado na Igreja para espalhar o relativismo?
    “Que os católicos de fato fujam desse suposto padre, idem de suas (in)direções espirituais na CN que o acobertaria, assim como de seus shows.

    ResponderExcluir
  2. Otimo texto, como sempre! Mas, e quando saí o capítulo IV do "Política Eclesiástica para Conservadores" ? hehe

    ResponderExcluir
  3. Pe. Fábio de Melo, em sua entrevista com a Gabi, a qual assisti na íntegra, em momento algum referiu-se a Jesus Cristo como um coitadinho que não conseguiu realizar o seu Reino. A expressão: "nós o damos uma Igreja", refere-se ao conceito de assembleia; de templo, cujo local nos reunimos para lembrarmos o sacrifício de Jesus, na Santa Missa. Portanto, não vejo motivos para tantos questionamentos, justificando-se em heresias passadas e trazendo-as à tona. Creio que há muito mais coisas urgentes em nossa Igreja do que especular, procurar e justificar palavras, discursos de um padre que promove o bem à humanidade. Com todo respeito, vejo isso como inveja de quem vê um trabalho dando frutos e não se sente feliz por vê-lo frutificar. Infelizmente, nossa Igreja tem muito o que aprender ainda, principalmente, aqueles que difamam a imagem de um cristão que em hipótese alguma, quer ver a Igreja de Cristo Jesus desviar-se de seu objetivo: plantar o Reino de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Especular - difamar - invejar. É Luciano realmente Jesus não é coitadinho não, coitadinho somos nós, pobres criaturas de Deus, mas o qual foi dado discernimento suficiente para entender o que Padre Fábio de Melo disse, isso não é especulação, se ele foi infeliz ao se expressar, cabe unicamente a ele esclarecer, outra coisa, nós católicos não nos reunimos para "lembrar" o sacrifício de Jesus na Santa Missa, mas para atualizá-lo e renová-lo verdadeiramente de forma incruenta. O que há de mais urgente na Santa Igreja é trazer a verdade, a verdade de Cristo que não virá pela quantidade de frutos, mas pela qualidade deles, Nossa igreja é Santa, tem por cabeça Nosso Senhor, nós que a seguimos temos muito o que aprender, realmente, mas não pense ser difamação corrigir um cristão, seja ele padre ou não, isso é CARIDADE. Não diga que ele foi mal interpretado, diga que, talvez, ele tenha se expressado mal, no caso cabe a ele desfazer o mal entendido. Rezo por Padre Fábio de Melo.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Nos dias de hoje tem muitas heresias, por isso precisamos ter muito cuidado.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.