Sem ''papas'' na lingua do papa

/
1 Comentários
Radio Vaticana - Disse no Angelus de 17 de novembro o papa: "Primeiro, não se deixar enganar pelos falsos messias e não se deixar paralisar pelo medo. Segundo, viver o tempo de espera como tempo de testemunho e de perseverança".

Este discurso de Jesus, explicou o Pontífice, é sempre atual, sobretudo para nós, que vivemos no século XXI. De fato, Jesus nos repete: "Cuidado para não se deixar enganar. Muitos virão em meu nome". Eis um convite ao discernimento:

"Ainda hoje, na verdade, existem falsos "salvadores", que tentam substituir Jesus: líderes deste mundo, santarrões, personagens que querem atrair os corações e as mentes, especialmente os jovens. Mas, Jesus nos adverte: "Não os sigam"! 

***


Líderes deste mundo?

Santarrões?

Atrair corações e mentes dos jovens?

Hum... de que será que ele está falando, hein?
Não temos este problema no Brasil e em sua igreja!


Você também pode gostar

Um comentário:

  1. O lá de cima é um dos dEUSES marxistas e em 2 oportunidades contestou a Palavra de Deus ao afirmar: "Essa coisa que inventaram que os pobres vão ganhar o reino dos céus"; o reino dos pobres é aqui, agora!
    O do meio é o relativista defensor dos gays, o do tal "Respeito e nunca constranger os outros apresentando as verdades da doutrina da Igreja"; aliás, procure na net: "Resposta à carta aberta ao Pe Fabio de Melo"; tenha à mão antiácidos ou sedativos.
    O terceiro, com seu suposto anel de tucum, com pinta de carismático, seria dos "defensores dos pobres", do mesmo jeitinho do PT, do Castro, do finado Chávez, do Maduro, para ficarem na mesma da favelada Cuba, vendedor de ilusões...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.