Na época bolivariana da pizza do mensalão sugestões de leitura e mais uma elegia para Celso de Mello

/
1 Comentários
Sugeri no facebook estes dois livros para se ler e se preparar para os tempos mais bolivarianos e ditatoriais que virão. Eis aqui o arremate de um leitor. Recomendo. Vejam que é uma leitura leve no bolso, ainda que pesada na cuca. 

Celso de Mello, Celso de Mello!

Bem-vindo ao grêmio dos Chamberlains e Pompeus, homens que a História não perdoará a falha no momento derradeiro!

De que adianta o vício do orgulho da virtude da independência? Arda o país em desapontamento, enxovalhe-se a reputação do STF, mas Celso de Mello está lá como o Colosso de Rhodes da independência judiciária, só dá ouvidos à sua cachola sábia. Mesmo que ele tivesse dito no Calvário que era a favor dos infringentes, como diria Don Giovanni "esta parola não vale um zero". É também falta de humildade não saber voltar atrás. E dai, Celso de Mello, que você diga "Mudei de opinião"??? Seria você, decano, tão importante que cada frase merecerias ser escrita em placas de ouro, lavradas na pedra para nunca se alterarem? Nem Maomé que se diz o único profeta teve esta pretensão.

Ouvistes sua consciência, Celso de Mello?

Pena que os Barrosos, os Lewandowiskis, os Zavasckis, os Toffolis dão ouvidos à consciência dos companheiros.

Infelizmente comprova-se a terrível máxima de Maquiavel, "o homem que quer se fazer de bom entre os malvados se arruína". Celso de Mello quis ser independente e coerente entre os nada independentes  Barrosos, Lewandowiskis, Zavasckis, Webers e Toffolis... acabou mostrando que a Justiça brasileira não é nem independente nem coerente. 



Você também pode gostar

Um comentário:


  1. Valeu, Celso de Mello!
    Sua forcinha pró mensaleiros foi decisiva; um grande timoneiro; o gesto dá para lembrar de Mao...
    Pena que dias atrás havia os sentenciado ao inverso; compreendo sim: hoje tudo é ao contrario, sob as patas dos marxistas, daí agora volta ao reverso.
    De igual forma um preito de gratidão à suposta ala vermelha atuante da CNBB - sem esquecer de D Hélder e D Arns e seguidores - da TL e seus Boffs atuantes em muitos segmentos do CIMI, CEB e CPT, CBJP ou onde atuem, assim como os eleitores do PT, grandes artífices da existencia de haver um juiz desse quilate no STF.
    Podem todos esses terem certeza, de acordo com o desempenho pessoal de cada um, quem sabe o diabo ainda poderá agradecê-los oportunamente pela entrega de mais combustível para ferver a caldeira?
    Bem da verdade, pelo que se vê rolando de (des)procedimentos em meio à população, surgirem personagens dessa espécie nos altos poderes é consequência "normal"...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.