Médicos cubanos dizem que maior prova de sua eficiência é conseguir manter Fidel vivo por mais de 173 anos

/
1 Comentários
Sensacionalista, um jornal isento de verdade - Muito contestados pelos brasileiros, os médicos cubanos protestaram em Havana e marcharam com cartazes que faziam referências ao Brasil: "Nós não injetamos comida na veia dos pacientes", "Nós damos bom dia a quem entra no consultório!", "Nós não esquecemos bisturi dentro dos pacientes", "Nós não comemos as enfermeiras em horário de serviço" foram alguns dos cartazes confeccionados para provocar os médicos brasileiros.

Segundo José María Bernad, líder do sindicato de medicina cubana, a maior prova que os médicos cubanos são bons é o fato de Fidel estar vivo a mais de 173 anos. "Vejam qual é o recorde dos brasileiros: Oscar Niemeyer que também era comunista e vivia se tratando em Cuba. Ou seja, nós podemos transformar o Brasil em um país de longevos porque o comunismo e a Revolução nunca morrem."



Você também pode gostar

Um comentário:

  1. PODERIAM NÃO "COMER" AS ENFERMEIRAS NO HORARIO DE SERVIÇO, v ACREDITA NISSO?
    E a possibilidade ainda conjunta de marxizar seus atendimentos, utilizariam camisetas do carniceiro Che Guevara poderia não ser pior?
    Quem acreditar em bons atendimentos, lisura e correlatos e outros de comunistas, materialistas e ateus e associados a doutrinas satanistas, pode ter certeza que poderia estar dopado, além de ser devoto da "mula-sem-cabeça, ainda acederia velas para a 13 almas, "benditas, sabidas e entendidas", participaria de "corrente de oração" e, quem sabe, crê em Papai Noel "entrando pela chaminé"!...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.