Marina Silva: Evangélica para os votos, não tanto evangélica para os votos também

/
4 Comentários
Nota do Frei: É verdade que a Folha do PT faz uma salada russa de conceitos em seu esquedopatismo, o mais gritante é se opor Estado Laico a religião, como se Silas Malafaia não tivesse dito mil vezes (e o Catecismo da Igreja Católica também, mas quem o lê?). Mas não deixa de ser interessante ver a Dona Marina Silva, ecologista de ocasião, mostrar ser evangélica de conveniência também

Bonitinho, hein, Dona Marina Silva. Quer dizer que está com os evangélicos nos votos, não nas bordoadas? Quer dizer então que é OK e aceitável. Como na sua bancada Marina iria conciliar evangélicos com a Parada Gay, a Marcha das Vadias e a Marcha da Maconha? Quer dizer que não é conservadora? 

Porém cometo um erro mortal aqui ao dizer: "conciliar evangélicos", como se ser evangélico fosse sinônimo de coerência e princípios. Edir Macedo, Marcelo Crivella, Marco Feliciano e o "Apóstolo" Hernandes estão com o governo Dilma e não gastão um milissegundo com cogitações de consciência e coerência. Estão muito bem conciliados!!! Edir Macedo, por exemplo, é um evangélico tão coerente que coerentemente usa o Eclesiastes para defender o aborto. 

A grande maioria (senão a totalidade) dos políticos evangélicos (e pastores também) abeçoariam a Parada Gay, a Marcha das Vadias e a Marcha da Maconha com as duas mãos se fosse conveniente, se lucrassem com isto, se arrebanhassem mais fiéis. E não me venham dizendo que não, porque desde que o "grande" Martinho Lutero soltou o "livre-exame" das Escrituras você pode coerentemente tirar o que quiser das Escrituras. Se qualquer protestante coerentemente sob sua inspiração pessoal do Espírito (supostamente) Santo justificar a sodomia, a prostituição, a pedofilia e as drogas com os quatro evangelhos não me digam que não estão sendo coerentes. E desafio publicamente qualquer mané protestante a dizer que não. Em tese, quando os protestantes classificam as Testemunhas de Jeová como não-cristãos por negarem a Trindade, estão sendo incoerentes, já que é perfeitamente possível, como os antigos hereges arianos, tirar isto das Escrituras, basta "livre exame", como disse o heresiarca Lutero. A única coerência do protestantismo, seja o clássico de Lutero/Calvino, seja o aguado (ie, os evangélicos) é ser completamente incoerente. 

Silas Malafaia pode ser coerente e ter senso, mas é a exceção, não regra. Por isto que leva bordoada, e Marcelo Crivella não. E levar bordoada não é critério. Nunca vi Marco Feliciano rasgando com o governo. Eles está levando bordoada sim porque é a segunda etapa da ação política dos comunas, matar seus aliados. Assim, os bolcheviques mandaram para o gulag os aliados das Revoluções de Fevereiro e Outubro, os anarquistas, sociais-democratas e outras esquerdas após se livrarem dos inimigos menchevisques da Guerra Civil, que se livraram na primeira etapa. Enfim, os evangélicos são sim convidados a andarem com o PT, para serem atirados na latrina depois. Marco Feliciano é apenas um "não-tão-inocente" útil do petismo. Ajudou com seu PSC o "Tô na benção tô com Dilma" de campanha depois pode ser currado da presidência de uma comissãozinha de segunda categoria. Quem é mais velho lembra-se quem PSDB e PT se aliaram num par de eleições do passado (e não tão longe na Minas Gerais de Aécio Neves, que cristianizou José Serra duas vezes). Em tempo, a terceira etapa é a mais divertida, quando os bolcheviques se devoram entre si. Assim vemos petistas contra petistas volta e meia. 

Eis os evangélicos na política. Hipocrisia e conveniência. Nestas horas dou graças a Deus que não há "bancada católica". No máximo Gabriel Chalita ou Salvador Zimbaldi tirando uma casquinha aqui ou ali.

***

Em reunião com "mobilizadores" da Rede, voluntários que trabalham na coleta de assinaturas, um dos principais colaboradores de Marina, Rafael Poço, disse ter detectado nas ruas uma "tentativa de associar conservadorismo à religião" e contou que isso tem prejudicado a Rede.De acordo com o ativista, eleitores simpáticos ao projeto de Marina às vezes manifestam restrições a suas convicções religiosas, e também à participação de empresários na organização da Rede.

"Notícias foram claramente manipuladas para associar a religião a uma coisa negativa", afirmou Poço, dirigindo-se aos outros militantes no encontro de ontem. "Senti isso nas ruas e vocês provavelmente sentiram também." Poço deu sugestões para lidar com questionamentos ligados a esse tema e lembrou que "o respeito ao Estado laico está no nosso estatuto".

Outra colaboradora da Rede falou em seguida e disse ter encontrado boa receptividade ao buscar assinaturas em atos como a Parada Gay, a Marcha das Vadias e a Marcha da Maconha, que promovem causas às quais os evangélicos em geral se opõem.Os militantes mostraram especial preocupação com tentativas de vincular Marina ao deputado Marco Feliciano (PSC-SP), que é pastor evangélico e virou alvo de críticas de minorias após assumir o comando da comissão de Direitos Humanos da Câmara.

Em maio, numa palestra no Recife, Marina disse considerar "um erro" criticar Feliciano "por ser evangélico" e não "por suas posições políticas equivocadas". Suas declarações foram interpretadas nas redes sociais como uma defesa do deputado, o que Marina classificou ontem como uma tentativa "criminosa" de vinculá-la a ele.

Marina disse que a Rede não quer "trabalhar a partir de rótulos" e rejeitou a "instrumentalização dessa ou daquela questão para fazer política por caminhos enviesados". "Se há um desejo em fazer um debate sobre a necessidade de deixar claro que o Estado é o Estado laico, não há problema", acrescentou.Segundo Marina, "um dos segmentos da sociedade que mais contribuiu para que tivéssemos o Estado laico foi o movimento protestante". "Minha convicção me diz que o melhor para todos, quem crê e quem não crê, é o Estado laico", disse. (Matéria da Folha de São Paulo)



Você também pode gostar

4 comentários:

  1. Louvo a Deus também por não existir uma bancada católica Frei, porque essa "bancada evangélica" ainda vai trazer muitas percas ao cristianismo, sim o cristianismo perde quando se vê aqueles que dizem ter fé em Cristo se curvarem a esse sistema maldito de interesses econônicos e políticos.

    ResponderExcluir
  2. Estanislau Tallon Bózi8 de agosto de 2013 11:20

    Além de tudo, é ignorante em História, porque o Estado laico se deve à Igreja Católica.

    Falta de estudar é uma m...

    A Verdade liberta!

    ResponderExcluir

  3. DILMA: 13; MARINA: 12 + 1.
    IMPOSSÍVEL SABER QUAL DAS DUAS É A PIOR!
    Marina comentou sobre aborto, maconha e uniões gay na quarta-feira (17/07 pp) num debate em São Paulo: "A Rede tem mais ou menos 350 fundadores, eu posso te dizer que pelo menos 70% deles são a favor dessas bandeiras que estão aqui, disse a "evangélica", porém progressista e ex do PT, não mostrando constrangimento pela maioria de seus apoiadores que têm posições anticristãs.
    Recentemente num manifesto, fundadores e membros da Rede Sustentabilidade condenaram a Marcha pela Família de Silas Malafaia, manifestaram apoio público ao "casamento" gay e ao PLC 122, o qual é reprimir os que são anti gayzistas e os contra censura à imprensa, isto é, o PLC 122, sendo pró totalitaristas, a favor dos governos repressivos, os camisa-de-força de Cuba, Coreia do Norte e China, ditadores sanguinarios de povos confinados.
    Os restantes 30% dos fundadores do partido de Marina, supostamente contrários às bandeiras radicais da maioria, seriam o resultado de uma intensa campanha de alguns líderes evangélicos acreditando que Marina é a autêntica pessoa indicada por Deus para ocupar a presidência do Brasil...
    A conhecida Valnice Milhomens confirma-o e os seus próximos também teriam tido idem "visões" de Marina como indicada por Deus ao cargo de presidente…
    Tudo indica ter sido Moloc, Thor, Baal ou Refan etc. proporcionando tais "revelações" coletivas, apoiando propostas das ideologias comunistas; sabemos que Satanás, se necessário, aparece em forma de anjo de luz ou em visões para iludir incautos e tais fatos direcionariam fatalmente a ele.
    Cf 2 Cor 11,14.
    Votar em Marina Silva ou Dilma - impossível detecção da pior - seria esquema montado por Lula para tirar votos dos outros: qualquer uma das duas serve, de igual forma atendem seus projetos e do totalitarismo comunista mundial!

    ResponderExcluir
  4. "... um desejo em fazer um debate sobre a necessidade de deixar claro...." cuma !?!!?

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.