Dilma não vetou. Aha, eu já sabia... e a decepção adiada com Malafaia

/
2 Comentários
Eu já sabia. A única coerência do Demônio é ser coerente para a maldade. Beija o papa num dia, assina sentenças de morte aos fetos em outro. 

Alguns dirão que ela fez isto para se vingar de Francisco, que disparou uns petardos certeiros no governo petista, certeiros mas sutis, nem se deixou ser capacho de palanque de sua reeleição. Ah, mas digo, não iria vetar quer Francisco fosse generoso com ela, quer Francisco não fosse. É da natureza do petismo e do Foro de São Paulo, o Anticristo da América Latina. Mesmo se o papa vestisse a camisa do PT (nunca o fará), ela não ia reprovar este abortismo. É da natureza do PT. Vejam como eles pisotearam no aliado Marco Feliciano, o da "tô na benção, tô com Dilma". E eis que se descobre Gilberto Carvalho, cardeal petista, sorridente nas manifestações contra o aliado Sérgio Cabral no Rio. O PT faz é traição grossa com os aliados. E vocês ainda acham que Dilma iria aliviar para Francisco? 

Quanto ao Silas Malafaia atacando o papa, escrevi que os protestantes se parecem como o escorpião da parábola do sapo e do escorpião. Como escorpiões, mais cedo ou mais tarde ferroam o sapo da Igreja católica, mesmo que signifique sua morte (o sapo da fábula morre no rio, protestantes que atacam a Igreja vão é para o Inferno mesmo, porque "extra ecclesia nulla salus" e um cristão que ataca a Igreja não pode alegar a ignorância invencível que serviria a um pagão). Elogiei muitas vezes Malafaia, que tem mais coragem que 95% de nosso episcopado. Mas é da natureza deles ser ignorantes, especialmente dos evangélicos brasileiros. Natural! Se realmente quisessem conhecer Jesus, a Bíblia e a História Sagrada, do AT e NT, seria católicos romanos!!! Se não fossem ignorantes, seriam católicos. Nunca se empolguem quando um evangélico começa a falar coisas certas, quando ele não fala bobagem na entrada, fala na saída. Há algum tempo atrás, movida por leituras da patrística, Ana Paula Valadão também começou a dizer algumas coisas certas e bem católicas. Alguns se empolgaram, como se do madraçal das bandas gospel fosse surgir um novo Cardeal Newmann. Ledo engano. Como a moça não poderia continuar no bom caminho sem renunciar ao Império que conquistou (afinal, muitos pastores tem mais bens que Salomão e a Companhia de Jesus em sua glória) e sem renunciar às idéias tortas que defendia, bem como recebendo a bronca dos seus pares de igreja, passou a dizer que a Igreja católica era a prostituta Babilônia. Que o Espírito Santo a demova deste pecado, mas que a puna pelas pessoas que desviou. 

É uma pena, Silas Malafaia, é uma pena mesmo. Tinha a esperança que esta seria uma decepção adiada. Vejam, meus caros, o caminho longínquo para um correto ecumenismo. É fácil fazer ecumenismo com um estável e tradicional reverendo luterano, ou mesmo com um rabino venerável. Mas vá fazer ecumenismo com a Al-Qaeda neopentecostal que surge pelas esquinas, vai...

Se deixado às minhas entranhas, daria um murro em quem ataca o meu pai, o papa Francisco. Como reconheço o pacto social, dou um murro virtual apologético de idéias e Bíblia. O que não significa que não devemos continuar a apoiar Malafaia quando ele falar e fizer o certo contra os abortistas e o governo do Foro de São Paulo. Pelo menos isto ele faz. Temos de saber que na guerra política não se escolhe entre o bem, mas sim entre males menores. Há que se agir com esperteza, não adianta brincar de essênio ou amish e entregar todo nosso estado de mão beijada para o Anticristo. A omissão dos bons nunca deu bons resultados. E nós católicos somos campeões em nos omitirmos. 


Você também pode gostar

2 comentários:

  1. Excelente, frei, palavras bastante precisas! Obrigado por postar! Deus o abençoe sempre.

    A muitos protestantes, sobretudo aos menos burros, se aplica aquela famosa frase: "muitas pessoas não abdicam do erro porque devem a ele a sua própria existência". É uma questão de servir ou à Verdade, ou à Mamona.

    ResponderExcluir
  2. ANORMAL SERIA SE INEXISTISSEM CONTRADIÇÕES ENTRE EVANGÉLICOS!
    O contraditório, o desconexo e similares compõem a parte estrutural do protestantismo e de seus líderes supostamente evangélicos, alguns deles midiáticos.
    Um dos interessantes exemplos foi o veemente combate à mordaça gay, "desde que de igual forma apoiem também a Marcha Para Jesus ou eventos religiosos de qualquer outra natureza"...
    Outrora Lula era o terror dos evangélicos - tratavam-no de o "Sapo Barbado" - porém, com seu "jeitinho" de atrair até antigos desafetos, iguais, embora atuando em trincheiras diferentes como Maluf, Collor, etc.; "conversou" e hoje, hem...
    Estão juntinhos com ele muitos auto denominados evangélicos: fazendo salada de suposto evangelismo com satanismo!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.