Bomba de fabricação caseira é encontrada no Santuário de Aparecida

/
0 Comentários
Nunca mais!!!
Veja - A Polícia Militar detonou nesta segunda-feira uma bomba de fabricação caseira encontrada em um dos banheiros do Santuário Nacional de Nossa Senhora de Aparecida, em Aparecida, no interior de São Paulo. O local será visitado pelo papa Francisco na quarta-feira.
A bomba, um cano plástico com fita adesiva, foi encontrada no domingo por uma equipe da Força Aérea Brasileira (FAB) durante inspeção prévia à visita do pontífice.
"Era uma bomba caseira e de baixo potencial lesivo", informou a PM em um comunicado, esclarecendo que o banheiro no qual foi encontrada a bomba não seria usado pelos fiéis durante a missa que o papa celebrará no santuário.
A FAB acionou o Esquadrão Antibombas do Grupo de Ações Táticas Especiais da PM, encarregado de detonar o explosivo.
"Vale ressaltar que episódios semelhantes (como a detonação de artefatos suspeitos) fazem parte do treinamento das forças de segurança mobilizadas em Aparecida. Em nenhum momento a vida de civis esteve em risco", destacou a nota.
O papa Francisco chegou nesta segunda-feira ao Rio de Janeiro para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que será realizada entre 23 e 28 de julho.
***
VejaO papa teve o primeiro contato com os brasileiros na rua, como queria. Mas a segurança não conseguiu mantê-lo dentro do roteiro proposto, como se previa. Francisco chegou ao Rio recepcionado por uma multidão calorosa. Desvencilhou-se rapidamente da fila de autoridades na Base Aérea do Galeão, embarcou em um carro sem requinte e percorreu o caminho até o Centro. De vidros abertos, o primeiro papa latino-americano acenava o tempo todo, e manteve a janela abaixada até nos momentos em que uma pequena multidão se espremia para enxergá-lo dentro do Fiat Idea. Com mais sorte que planejamento, o deslocamento do pontífice se deu sem problemas até o Centro. Mas outro problema, este já na conta de fatos inevitáveis das autoridades locais, acabou se confirmando: depois da saída do papa, um novo tumulto entre manifestantes e policiais aconteceu no Guanabara, com feridos e presos. (...) Tumulto – O clima se manteve pacífico até às 19h45. No momento exato em que o papa chegava à Residência Assunção, no Sumaré, para pernoitar, começou o confronto entre manifestantes e policiais nas imediações do Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador estadual que passa por reformas. Foram lançadas bombas de efeito moral e houve correria. (...) A Polícia Militar divulgou um vídeo que mostra manifestantes atirando um coquetel molotov contra os agentes no entorno do Palácio Guanabara. 
***
Nota do Frei: Vá com calma, Francisco. É bom ir ao povo, mas Deus não ajuda aos imprudentes. Não dispense a segurança, não baixe os vidros do papamóvel. Eu te repreendo com piedade filial, Santo Padre. 


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.