Para não dizerem que não falei das flores do Ministério Público

/
1 Comentários
VEJA - O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu nesta quarta-feira que a condenação do deputado Natan Donadon (PMDB-RO) é definitiva e determinou a expedição do mandado de prisão contra o parlamentar. É o primeiro caso em que um parlamentar no exercício do mandato tem a prisão determinada pelo STF desde 1988, quando passou a valer a atual Constituição. (...)

Na denúncia apresentada pelo Ministério Público, Natan Donadon é apontado como integrante de um esquema criminoso que desviou 8,4 milhões de reais dos cofres públicos. (...)


Você também pode gostar

Um comentário:

  1. Só que esse caso foi investigado pela POLÍCIA, não pelo MP. O MP fez apenas aquilo que a CF manda ele fazer: acusar, processar, denunciar.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.