Os donos da língua

/
1 Comentários

Legenda: PresidANTA


É complicado viver em tempos politicamente corretos e intelectualmente estúpidos. Grupos sociais, minorias, correntes organizadas de opinião etc. se consideram donas da linguagem e das palavras. Danem-se a etimologia, a gramática, o dicionário, qualquer coisa que remeta ao universo objetivo da linguagem. Se eles acharem que determinado vocábulo tem sentido pejorativo, então tem. Não lhes basta reivindicar proteção, direitos especiais ou reparação, tudo compreensível e só raramente ilegítimo. Apropriam-se também do domínio da linguagem e passam a impor a sua vontade – ainda que contra os fatos, a história, a etimologia, a gramática, o dicionário… Viram juízes das palavras. A PLC 122, a tal lei contra a homofobia, também tem este aspecto absurdo: cria uma polícia da linguagem sob o pretexto de proteger direitos. (...)

Os portadores de deficiência ou pessoas com deficiência não são donas da linguagem, não! Não são donas da palavra. Nem essa minoria, que agora integro, nem outra chamada "minoria sociológica" qualquer: mulheres, gays, negros etc.

Eu poderia vaiar Dilma por uma porção de motivos – por esse, jamais! (...) Ninguém, pessoa com deficiência ou não, tem o direito de impor ao outro a sua ignorância como medida de correção política.


Reinaldo Azevedo

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/reinaldo-azevedo-portador-de-deficiencia-acusa-a-vaia-injusta-que-dilma-recebeu-eu-poderia-vaia-la-tambem-mas-por-outros-motivos-ou-deficientes-como-eu-tambem-podem-ler-platao-e-descartes-mal/


Frei retorna:


Reinaldo Azevedo toca num ponto importante. Sou um homem velho, de repente começo a me dar conta que não posso usar as palavras porque alguém mudou o significado. Há algum tempo reclamaram comigo porque chamei um aleijado de aleijado. Ué, ele não tinha perna, ia chamar de "perneta" que além de menos formal ainda espeficia o mal? E se eu dissesse coxo? "Por que bela se coxa? Por que coxa se bela?". Pobre do mulato Machado!  (Ops, mulato não pode, porque inventaram a etmologia aleijada da raiz mula). O bom é que se chamar o aleijado de coxo, dado a ignorância pública, capaz de não saberem. Ou capaz de me corrigirem: "Ele não tem a perna, não a coxa".

Ai eu pergunto, "vou chamar o aleijado de quê?"

"Excepcional?" - Mas está reservado para os retardados mentais. Ops, não pode mais chamar um retardado mental disso, inventaram que é pejorativo. É excepcional. Só que exepcional é algo raro, algo de destaque. Einsten foi um físico excepcional. Ou seja,  foi um retardado mental.  Eis os males da novilíngua politicamente correta.


Diga "Pessoa com necessidades especiais". Ué? Se estiver fazendo um regime de baixa caloria, estarei com "necessidades especiais" de dieta também. Se dever dinheiro no banco estarei com "necessidades especiais" de dinheiro. Se precisar levar um benzetacyl na bunda por causa de uma infecção, estarei com "necessidades especiais" de antibiótico!


Ou devo dizer "Pessoa especial"? Bem, José Dirceu, condenado por corrupção ativa e quadrilha na última instância do STF também é uma pessoa especial. Judas Iscariotes também é especial, nem todo mundo vende Jesus todo dia. Para o lado bom, a Virgem Maria também era uma "pessoa especial" e como era uma "pessoa especial" o próprio Moisés, ou Samuel ou Elias. Moisés, aliás, que era gago... ele era especial por ser profeta ou por ser gago? Não só profeta, a Bíblia fala que nunca houve um profeta como Moisés. Ou seja, era um profeta excepcional. Era um profeta retardado mental? Era um profeta especial retardado mental???


Diga "Pessoa com dificuldades locomotoras" - Bom, não necessariamente engloba aleijados e cadeirantes (se há o cadeirante, há o muletante, não???). Um bêbado tem dificuldades locomotoras. Um retardado men... ops... um excepcional tem dificuldades locomotoras muitas vezes. Um carro enguiçado tem dificuldades locomotoras. 

Nem vou falar do  "Transviado" que virou "viado". Em inglês, gay, ie, alegre, já foi capturado. O antigo nome "Gaylord" sumiu. A música do Sinatra , "In new York, in gay Paris or even London town", é incantável.


E preto? Agora nem "negro" pode mais. É afro-descendente. Mas há o dia da consciência... afro-descendente??? Se for uma pessoa com necessidades especiais por dever uma grana afro-descendente ao banco??? Pobre do cosmos com seus buracos afro-descendentes. 

E o Presidenta então? PresidANTA seria o certo...



Você também pode gostar

Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.