Salomé - VIII

/
0 Comentários
Não entendeu? Leia o Capítulo VII
 
(João Batista é erguido de dentro da cisterna onde estava preso. Salomé olha para ele e recua lentamente).
 
     
JOÃO BATISTA
Quem é ele cuja taça de abominações está cheia agora? Quem é ele em cujo robe de prata há de morrer um dia diante do povo? Mandem-no avançar, para que possa ouvir a voz daquele que gritou no deserto e nos palácios dos reis!  
 
SALOMÉ
De quem ele está falando?
 
JOVEM SÍRIO
Nunca sabemos, Princesa
 
JOÃO BATISTA
Que é ela que diante de afrescos de homens, imagens de caldeus de vestidos coloridos, deu-se à luxúria de seus olhos, e mandou embaixadores à Caldéia?  
 
SALOMÉ  
É da minha mãe Herodíades que eles está falando.  
 
JOVEM SÍRIO
Oh não, Princesa.  
 
SALOME
Sim; é da minha mãe que ele fala!  
 
JOÃO BATISTA
Quem é ela que se entrega aos capitães da Assíria que tem alforjes em seus rins e tiaras tingidas nas suas frontes? Quem é ela que se dá aos jovens do Egito, que se vestem de linho fino e púrpura, cujos escudos são de ouro, cujos capacetes são de prata, cujos corpos são potentes? Mandem-na levantar-se de seu leito de abominações, da sua cama de incesto, para que possa ouvir as palavras de quem prepara o caminho do Senhor, para que ela se arrependa de suas iniquidades! Apesar de que ela não se arrependerá, mas prosseguirá com mais zelo em suas depravações, chamem-na, pois a foice do Senhor está à mão!  
 
SALOME
Ele é terrível, é terrível!  
 
JOVEM SÍRIO
Não fiques aqui, Princesa, eu te imploro!!!  
 
SALOMÉ
Acima de tudo são os olhos do profeta que são terríveis! São como buracos escuros queimados pelas tochas numa tapeçaria de Tiro! São como cavernas negras onde moram dragões! São como penhascos negros do Egito onde os répteis fazem seus ninhos! São como lagos negros iluminados por luar fantasmagórico!... Será que ele vai falar novamente?  
 
JOVEM SÍRIO
Não fiques aqui, Princesa, eu te rogo que não fiques aqui.
 
SALOMÉ
Quão maltratado ele está!!! Ele é como uma estatueta de marfim. Ele é como uma imagem de prata! Tenho certeza de que o profeta é casto como a lua. Ele é como a luz da lua, como um bastão de prata. Sua carne deve ser fria feito marfim. Vou olhar mais de perto.
 
JOVEM SÍRIO
Não, não, Princesa!  
SALOMÉ
Preciso olhar ele mais de perto!  
 
JOVEM SÍRIO
Princesa! Princesa!
JOÃO BATISTA
Quem é esta mulher que olha para mim? Não quero que olhe para mim. Por que ela me olha com seus olhos dourados sob pálpebras pintadas? Eu não sei quem ela é. Não quero saber quem ela é! Mandem-na ir! Não é com ela que falarei!  

SALOMÉ
Eu sou Salomé, filha de Herodíades, Princesa da Judéia.  

JOÃO BATISTA
Para trás, filha da Babilônia! Não se aproxime do escolhido do Senhor! Tua mãe encheu a terra com o vinho de sua iniquidade e o grito de seus pecados chegou aos ouvidos do Senhor Deus!
   
 
Oscar Wilde
Tradução casta de Demerval Bagres


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.