Salomé - IV

/
0 Comentários
Não entendeu? Veja o capítulo III
 
 
 
JOVEM SÍRIO
A princesa escondeu sua face com seu leque. Suas pequeninas mãos brancas balançam como as asas de uma pomba. São como borboletas brancas. Sim, são como borboletas brancas!

PAJEM DE HERODÍADES
O que deu em você? Por que você olha para ela? Você não deve olhar para ela... Algo terrível pode acontecer

CAPADÓCIO (apontando a cisterna)
Que prisão estranha! hh

SEGUNDO SOLDADO
É uma velha cisterna

CAPADÓCIO
Uma velha cisterna! Deve ser bem insalubre!

SEGUNDO SOLDADO
Ah não! Pelo contrário, o irmão mais velho do Tetrarca, o primeiro marido de Herodíades, ficou encarcerado ali por doze anos! E não o matou. No final dos doze anos teve de ser estrangulado.

CAPADÓCIO
Estrangulado? Quem ousou fazer isto?

SEGUNDO SOLDADO (apontando para o carrasco, um grande negro*)
Aquele homem ali, Naaman
 
CAPADÓCIO
Ele não temeu?

SEGUNDO SOLDADO
Ah não! O Tetrarca lhe mandou o anel

CAPADÓCIO
Que anel?

SEGUNDO SOLDADO
O anel da morte. Então ele não teve medo

CAPADÓCIO
Ainda assim, é uma coisa terrível estrangular um rei!

PRIMEIRO SOLDADO
Por quê? Reis tem um só pescoço, como qualquer um.

CAPADÓCIO
Acho que é terrível.


Oscar Wilde
Tradução de Demerval Bagres
 

[* Nota do Tradutor: Os censores do politicamente correto vão me chamar de racista por traduzir do original? "montrant le bourreau, un grand nègre". Reclamem com Wilde, para eu os poder acusar de homofóbicos!!!]


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.