No dia da Consciência III

/
1 Comentários
Fui chamado de racista. Vieram me perguntar ontem, para me pôr a prova:

- Frei, o que o senhor vai fazer no dia da consciência negra?

E eu na minha inocência pastoral respondi distraído

- Se minha consciência está negra, eu vou me confessar, meu filho.

- Oh! O Padre é Racista!

(Racismo equivale hoje em dia ao um decreto de linchamento, tipo acusação de bruxaria na Idade Média de anedota)

- Ah, você disse consciência "afro-descendente"? Desculpa, filho, eu me confundi! Ai meu São Benedito, valei-me...







Você também pode gostar

Um comentário:

  1. Ações do PT. Essa de negro, branco, moreno, quilombola e muitos mais, sr frei, não passa de incentivar as famosas comunistas lutas de classes: dividir as pessoas em castas ou seja o que for, arranjar um esquema de baterem entre si por direitos; o que querem é polêmica de uns contra os outros, quanto mais melhor, para quando chegar o momento oportuno com a sociedade toda se batendo uns contra os outros facilitará o golpe sem reação ou muito pouco.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.