A Lenda do Kit Gay

/
1 Comentários

Educação sexual desastradamente dada para menores
dá nisso...
 
Do blog do Coturno Noturno.

E a eleição em São Paulo foi perdida, segundo os "analistas" da mídia e do próprio PSDB, porque o partido perdeu tempo com o kit de promoção do homossexualismo para crianças em idade escolar, o famoso kit gay. Na verdade, ele jamais entrou na campanha. Pastor berrando em igreja não elege ninguém. Serra defendendo a sua cartilha, sem mostrar as diferenças, apenas confundiu a cabeça do eleitor. O tema nunca chegou ao instrumento que elege, que é a televisão. Ficou perifericamente nos jornais, que pobre usa para outras finalidades também e cuja opinião não enche urna. 

Se o PSDB tivesse discutido o tema abertamente com a sociedade, sem preconceitos, mostrando didaticamente o que o PT pretende fazer em relação à educação sexual dos nossos filhos e netos, teria vencido a eleição. O PSDB foi covarde, como sempre. Perdeu a pauta da campanha, como sempre. Recuou. Retrocedeu. (...) 

Que botassem o kit de promoção do homossexualismo nas escolas na TV, na boca de um casal homossexual que não concorda com ele, pois a maioria discorda. Que achassem uma forma de tratar o assunto de forma jornalística, como tantos assuntos delicados são tratados na televisão. Que fizessem um Dr. Dráuzio Varela do kit gay. Um Globo Repórter. 10 minutos de TV são uma eternidade. A eleição termina com a lenda do kit gay. Este assunto nunca existiu na campanha. (...)

Nota do Frei: Tenho de concordar. O PSDB recebeu o voto conservador envergonhado e secretamente (ou não tão secretamente) tem a mesma pauta petista, porém com menos coragem. É verdade que a militância gay, assim como a feminista, sem-terra, indianista e a negra são apenas bondes que o PT pega para subir o morro político, quando chegar onde quiser, salta. Porém o PT é mais aguerrido ao usá-los de massa de manobra. Assim como usa a Teologia da Libertação e os padres de passeata. Até a Igreja faz parte da "toolbox" para chegar lá.






Você também pode gostar

Um comentário:

  1. TOOLBOX TÁ POUCO - Chamar os padres da Teologia da Libertação de "toolbox" do PT prá chegar ao poder, digo, sr. frei, é pouco; ela foi a locomotiva que conduziu o PT ao poder em grande parte com muitos padres traidores da Igreja pregando doutrina comunista em forma de doutrina da Igreja e participando do PT descaradamente, como sendo militantes de um partido materialista e ateu; até uns poucos bispos ajudando no processo de fazer um país comunista de graça, todos.
    Pois bem, mudar esse quadro não está sendo fácil, tá indo devagar com as derrotas recentes do PT, mas os estragos foram muitos. Se o povo tivesse pastores do nível do sr frei, o Brasil não estaria assim comunizado; todos os problemas de S Paulo têem ligações de darem votos anteriormente ao PT, pois onde se enfia destroi.
    Vim de um cursinho sobre "A comunista Teologia da Libertação disfarçada de Igreja".

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.