Sem olhos em Desterro

/
3 Comentários

Vocês sabem, leitores, na nossa pseudo-ciência, dois pontos fazem uma tendência, três fazem uma verdade universal. Como vocês acham que foi concluída a inexorabilidade do aquecimento global? Então também posso dizer que há uma corrente imensa de pessoas me mandando comentar este assunto.

Alguns leitores me mandam as fotos da pitoresca - o que quer que aquilo seja - missa em Florianópolis, debaixo do báculo e olhares do vetusto arcebispo, D. Wilson Tadeu Jönck - que não é o meu. Nem em Anhangá-Açu! 

Minha Nossa Senhora do Desterro, valei-me! O que eu vou dizer? Digam-me o que eu posso dizer que conserte aquilo que eu digo. Que foi ridículo, foi. Do fundo do meu coração espero que o arcebispo esteja corado de vergonha. Est modus in rebus! Espero que falem bastante em Roma. Não é assim que Bento XVI quer nossas celebrações. Não é assim que atrairemos os homens. Não é assim que propagaremos o Evangelho.

Há uma lei universal, mais universal que a Termodinâmica, que diz que ninguém é forte solapando as próprias bases. Ninguém fica de pé serrando as próprias pernas. 

Agora, ao pé do ouvido, leitores, onde estão as reclamações dos 60% de católicos só? Olhem aquela beleza em Desterro e se perguntem, que igreja atrai fiéis sendo infiel a si mesma, sua liturgia - e, em certo sentido - a suas crenças? "Se o sal perde o gosto, para que serve?" Se a Igreja deixa de ser católica, para que serve?! Se vira um grande supermercado ecumênico, para que serve? Se não nos damos ao respeito, quem nos respeitará? E o mais importante: SE NÃO RESPEITAMOS AS REGRAS LITÚRGICAS QUE NÓS MESMOS DEFINIMOS, QUEM RESPEITARÁ A MORAL QUE PREGAMOS? Ou pior - quem acreditará que a respeitamos? Muito se critica no ambiente jurídico um juiz que uma vez deu uma sentença usando Rap. Se nas coisas dos homens se respeita a forma, quanto mais deve ser nas coisas de Deus, em que as formas são usadas para ensinar e representar uma realidade inacessível???

Espero que os líderes da Igreja, arcebispos inclusos, não endureçam seus corações com as reclamações que ouvem. Antes de rejeitarem as reclamações como coisas de rad-trads ultramontanistas e cismáticos, ouçam com atenção o que diz o código de Direito Canônico em seu artigo 212 parágrafos 2 e 3: 
"Os fiéis têm a faculdade de expor aos Pastores da Igreja as suas necessidades, sobretudo espirituais, e os seus anseios. Os fiéis, segundo a ciência, a competência e a proeminência de que desfrutam, têm o direito e mesmo por vezes o dever, de manifestar aos sagrados Pastores a sua opinião acerca das coisas atinentes ao bem da Igreja (...)" 
Não é o menor dos blogs que diz isto, é o Código de Direito Canônico. Não acreditem em mim, acreditem no CDC

Aliás, divulguem este artigo 212 do CDC, e o tenham sempre na ponta da língua quando forem fazer suas justas reclamações.

No mais, é isto. Que papelão! É nosso direito nos queixarmos. É nosso direito ter Missas de acordo com a dignidade que o Missal Romano prescreve (leiam lá no CDC). E é DEVER da hierarquia, especialmente os bispos, prover a estes desejos, que nem nossos são, mas de Jesus Cristo e estimulados em nós, Igreja de Cristo, pela ação do Espírito Santo.



Você também pode gostar

3 comentários:

  1. [Com dor no coração; e com o devido respeito e reverência que devo a um legítimo Sucessor dos Apóstolos]

    Dom Wilson,

    Decepção.

    Até este momento eu acreditava que o senhor fosse, em tudo, um Bispo zeloso. Pois o senhor mesmo, no pouco tempo em que foi Bispo de Tubarão – SC, tomou providencias contra a praga da “confissão comunitária” (aqui o povo já não conhecia a forma Ordinária, Correta, da Confissão...), com bons frutos (embora o erro ainda persista, da parte de alguns, ou muitos…).

    Mas o que ocorreu em Florianópolis, no 11º Encontro Estadual das CEBs, realizado 07 a 09 de setembro de 2012, foi simplesmente lamentável.

    Os fatos (sim, fatos!) são de conhecimento público: http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/12442/Escandalo-em-Florianopolis-Sincretismo-e-Marxismo-das-CEBs-com-a-chancela-do-Arcebispo-Dom-Wilson-Tadeu-Jonck-SCJ

    Mais um Sacerdote que me decepciona… Ainda bem que Jesus, Sumo Sacerdote, nunca decepciona.

    Rodrigo

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Frei! Há algum vídeo da tal Missa?

    Henrique Sebastião

    ResponderExcluir
  3. Vi o sincretismo/relativismos gerais durante a celebração da S Missa: movimento CEBs, tire o "E", sobra só o resto, os pais/mães de santo, os tranquilos MSTs - só destroem laboratórios, laranjais e fazendas - e uma pá de gente dos mais diversos grupos religiosos e comunistas, uma massa da TL com PT, com PSTU, com PSOL, com Lula, Dilma, aborto...
    Eta Marxismo Cultural!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.