Jesus, o maior tributarista que já existiu

/
0 Comentários
Em verdade, em verdade eu vos digo: Deus é omnipotente,
mas é César quem tem capacidade tributária.
O leitor me perdoe o título, é que ando de saco cheio de livros tipo "Jesus, o maior isto ou aquilo" quando a verdade: "Jesus, o maior Mestre, o maior dos fundadores de religião, o único salvador que jamais existiu" não é dito.
 
Estava meditando na cena do Tributo a César do Evangelho, questão tão antiga quanto a atual. Verdadeiramente esta é uma passagem basilar do conceito cristão de separação entre Igreja e Estado.
 
É impossível não deixar de pensar na realidade brasileira que vivemos.
 
Numa fantasia, suponha a cena do Evangelho ocorrendo no Brasil, com nosso cipoal tributário, não na velha Judéia.
 
Vem os herodianos e os fariseus para pegar Jesus em alguma palavra:
 
- Mestre, sabemos que és honesto e ensinas de acordo com a verdade. Pois então, é lícito ou não pagar tributo a César???
 
Jesus, percebendo a malícia deles pergunta:
 
- Por tributo você entende Imposto, Taxa, Contribuição ou Empréstimo Compulsório?
 
E os herodianos se entreolham e dizem:
 
- Não sabemos!
 
E Jesus responde:
 
- Então também não responderei
 
E vocês acham que é fácil sustentar o Estado do Bem-Estar Social de César?
Quem mandou quererem estatizar a caridade?
 
 
Agora vamos a uma segunda cena:
 
- Mestre, sabemos que és honesto e ensinas de acordo com a verdade. Pois então, é lícito ou não pagar tributo a César???
 
Jesus, percebendo a malícia deles pergunta:
 
- Por César você entende a União, os Estados ou os Municípios como sujeito ativo do tributo?
 
E os herodianos se entreolham e dizem:
 
- Não sabemos!
 
E Jesus responde:
 
- Então também não responderei


Você também pode gostar

Nenhum comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.