Batatadas no site da Arquidiocese de Campinas - combatidas, Deo Gratias!

/
1 Comentários
Quero parabenizar ao Pe. Rodrigo Flaibam  por esta corajosa intervenção quanto a batatada (este é o termo mais gentil que posso encontrar) escrita no site da Arquidiocese de Campinas sobre a Teologia da Libertação - também conhecida como "Marxismo".

Toda heresia surge da perversão de bons ensinamentos. O Joaquinismo é a perversão da compreensão da ação do Espírito Santo. O Arianismo é a perversão da dignidade do Pai na Trindade. O Modalismo é a perversão da Unidade Divina na Trindade. O Luteranismo é a perversão da posição da Sagrada Escritura na fé. Em suma, não há bom conceito que o Mal não amplie e distorça.

Assim a Teologia da Libertação - na forma em que se transformou - é uma perversão de elementos da Doutrina Social da Igreja e da alta dignidade dos pobres aos olhos de Deus.  Mesmo o magistério, na gênesis da TdL em Puebla, não pôde alcançar os efeitos deletérios que alcançaria. Mais tarde, especialmente graças aos ingentes esforços do Card. Ratzinger e do Beato JP2 de saudosa memória, estes erros perniciosos foram combatidos, mas foi tarde demais, o câncer se espalhou pela América Latina.

Quanto ao texto ridículo sobre a TdL em questão, mas tarde comento com calma. Mas convido meus leitores a elaborarem por si mesmo refutações - será um bom exercício que inspirará terror ao Maligno. 

Pe. Rodrigo, parabéns por combater o bom combate. Como diz o profeta, endureça sua face e não fuja aos que querem te arrancar a barba. Resta poucas dúvidas - pelos frutos conhecereis a árvore - que o estado lastimável da Igreja no Brasil é fruto da Teologia da Libertação.


Você também pode gostar

Um comentário:

  1. Me parece que o Pe. Rodrigo foi censurado... se vc entrar no site agora não verá comentário nenhum e os comentários desabilitados

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.