Bebendo água do mar

/
5 Comentários
Frei, a única maneira de escapar de uma tentação é sucumbir a ela... Dai a importância social da prostituição para a manutenção das familias e da estabilidade doméstica entre marido e mulher, quando o homem pode realizar suas fantasias com prestadoras de serviço especializadas, deixando a mãe de seus filhos livre de suas taras por vezes dolorosas.


Frei Rojão responde:

Nego maiorem!!! Buscar prostitutas é como matar a sede com água do mar, mais dá sede que sacia... O homem não quer sexo, quer a intimidade com uma mulher. O prazer é uma conseqüência. Achamos que o prazer é o fim, mas na verdade ele é apenas conseqüência da intimidade.

É doloroso procurar as rameiras, porque lá no fundo o pobre coitado sabe que aquele prazer é temporário, falso e vão, é castigado o pecador pela compreensão da transitoriedade da saciedade.

A sede de intimidade do homem só se cura com a água pura, abundante e cristalina do poço doméstico. Tem de buscar água potável na santa esposa.

Eu disse potável, não putável!!!


Você também pode gostar

5 comentários:

  1. Os santos ensinam justamente o contrário: que o único meio de escapar de uma tentação de luxúria é fugir das ocasiões de perigo. Outra forma: trabalhar muito, ao invés de ficar coçando o saco pensando em rapariga.

    ResponderExcluir
  2. "a única maneira de escapar de uma tentação é sucumbir a ela"

    ??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

    Como assim cara pálida!?

    Se você "sucumbe" a uma tentação você não "escapou" dela, você CAIU nela!

    O Maligno inventa cada desculpa esfarrapada, tsctsctsc....

    et ne nos inducas in tentationem, sed liberanos a malo.

    ResponderExcluir
  3. Frei, deixa eu ver se entendi: então quer dizer que com a esposa vale tudo?

    ResponderExcluir
  4. "Senhor, dai-me a castidade, mas não agora" ...dá-lhe Santo Agostinho !

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.