Dois coelhos, um tiro

/
4 Comentários
Faz tempo que não recebia a cartinha de um vocacionado! Será que eles estão com medo???


Frei,


Quero ser sacerdote, mas tenho um pobrema. Minha mãe não quer. Ela diz que não. E outra coisa que eu vou ser sincero, eu acho que eu queria experimentar algo da vida antes, tipo namorar, ficar, curtir antes de virar celibatário.

Hum... quer curtir? Fica dois dias numa banheira com vinagre, vc sai curtido feito um vinagrete.

Acho que tenho a solução. Namore uma menina que você sabe que sua mãe não suporta. Vc vai ter de ter talento para a convencer, mas para quem quer curtir, que curta a chance de uma negativa. Namore esta menina e já diga para sua mãe que estão noivos e vão casar em breve. Mamãe vai fazer escândalo. Depois, na véspera de marcar casório, termine o namoro. Você matará dois coelhos com um tiro, mamãe vai ficar aliviada por não ter uma nora que não suporta e você terá curtido. Como o namoro será arranjado, capaz de dar errado e você verá que ser celibatário é muito bom.


Você também pode gostar

4 comentários:

  1. Tenho a informação de que a OFMO (ordem fabista da moderna observância) permite que seus ceminaristas tenham uma experiência concreta de amor, pois a seguinte pergunta se impõe: como um padre que nunca fez amor vai dar conselhos de amor? O problema é que alguns freis parecem ter estacionado na era patrística.

    ResponderExcluir
  2. Olha mais um anônimo da CONTRA OBSERVÂNCIA, e ainda grafa Seminarista com C, Ôoooooooooooburro!

    ResponderExcluir
  3. Padre, crie a Ordem Fabiana da Moderna Observância!!!

    ResponderExcluir
  4. Uai, e é amor que se faz? Burrinha eu, pensei que fosse sexo, e tão somente sexo.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.