Bela Páscoa

/
3 Comentários
Só agora descansei... A celebração da Páscoa deve ser como uma boa refeição da mamãe, simples, deliciosa, feita com carinho e nutritiva. O que tem no missal é mais que suficiente para servir bem a Deus sem cansar os fiéis. 

Páscoa boa esta. 

Poxa, quantos ovos me deixaram. Eu não agüento comer tanto... E é muito para mim, mas não enche nem um dente de um garoto num orfanato. Eu tenho pena das crianças pobres. Não porque não tem ovos, mas porque aprenderam erradamente a desejar estas porcarias e sofrem por não tê-las. Que ingrato eu sou, eu que ganhei tantos ovos que me foram dados com espírito de verdadeiro carinho! Verdade, mas deveríamos nos fascinar tanto pela forma e embrulho do chocolate?  

Assim como o chocolate, deveríamos nos importar tanto com a forma e o embrulho externo de uma celebração, mesmo numa solenidade?  Ou nos concentrar no real, a mesa do pão e da Palavra? O despojamento excessivo, como o paramento excessivo tiram o foco do real e importante.


Você também pode gostar

3 comentários:

  1. Caro e amado Frei, acabo de sair do restaurante por Kilo aqui ´próximo a meu lar e eis que um poco antes de eu terminar minha refeição, uma orda de "freiras" invade o recinto travestidas de Franciscanas, não sei não, duvido mesmo que sejam freiras, muito esquisitas, umas até expondo a careca, com trejeitos meio amalucados... creio serem talvez da Ordem de Woodstock, o senhor está por dentro?

    Que Deus tenha misericórdia de nós.

    ResponderExcluir
  2. orda ?
    argh, horda, ok ?

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.