Politica Eclesiástica Para Conservadores Campanha Da Fraternidade Dom Tomás Balduíno No Inferno, uma novela piedosa Grande Biblioteca Sobre Comunismo
Não, o papa não disse que cachorros e gatos vão para o céu... Dessa vez ele foi correto na composição da mensagem, mas é como diz a sabedoria popular: "faça a fama e deite na cama" ou "a mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta".

Ou seja, tudo o que o papa disser será interpretado da maneira mais revolucionária possível. Ele que fez esta reputação, infelizmente, agora caem ele e a Igreja consigo na cova midiática em que abriu. 

Para Francisco reverter isso nao basta mais ser ortodoxo, tem de parecer ortodoxo. Muito ortodoxo. 

E bota ortodoxo nisso... mas será que ele o quer?

***

ALMA vem por sutilezas lusas do bom latim ANIMA/ANIMARE, "movimento/movimentar" e por extensão "ânimo/espírito/princípio vital/vida". Dai vem também ANIMAL

Os ANIMAIS tem um princípio vital, assim como o corpo humano. É o princípio vital que anima a matéria, a tal "vida" (Plantas também, logicamente). Ela também é chamada de ALMA VEGETATIVA, e se esvai da matéria com a morte ou amputação. Toda a discussão sobre "o que é vida" sobre vírus e prions no fundo é metafísica sobre a presença ou não de alma vegetativa.

Um ESPÍRITO é um ser não-material senciente consciente racional e dotado de livre-arbítrio. Como espíritos temos Deus, os anjos e as ALMAS IMORTAIS HUMANAS. O primeiro é hors-coccurs por ser o Criador e "Eu sou quem sou". Os dois últimos são criados. Os anjos são espíritos puros. Já as almas humanas vivem em um corpo ANIMAL humano e se submetem às regras da matéria. Quando um ser humano morre, a alma imortal vai para o julgamento particular e o corpo perde o princípio vital. Na ressurreição, contudo, o corpo será refeito de maneira gloriosa e se unirá novamente à alma imortal em seu destino. O castigo da morte é justamente dividir o ser humano em duas metades. Afinal, uma alma sem corpo andando por ai, já diz a sabedoria popular, é apenas um fantasma. E um corpo sem alma é um cadáver se decompondo. Aliás, é por isso que a Assunção de Nossa Senhora é uma consequência lógica da Imaculada Conceição.

Ora, tudo isso posto, é fato que espíritos são sencientes, tem livre-arbítrio e individualizáveis. Portanto ir ou não ao Paraíso é uma questão de graça, mérito e julgamento, típica de um Espírito, não de uma alma vegetativa.

Acima vai apenas uma, das dúzias, de argumentações possíveis nesta disciplina

***

Leitor pergunta sobre a individualidade das almas no Paraíso: aqui ficamos com Sao Paulo, não fazemos nem idéia de como será o que Deus está preparando, mas é bom. Nós, de fato, seremos nós, assim como os santos são eles mesmos com suas peculiaridades. Porém Jesus disse, no episódio em que alude aos episódios de Sara no livro de Tobias, que na Glória não há casamento nem gênero, portanto sabemos que será diferente, mas será bom e seremos nós

***

Vocês falam de cães entrando no Céu, mas vejam o que achei no Cemitério Montparnasse uma vez que fui lá rezar pela alma de Baudelaire:

"Se há um Paraíso, então Paraíso não será se não me receberem meus cães e meus gatos"

***


***

- Mas, Frei, há muitos animais que são melhores que pessoas e tambem são criaturas de Deus.

- A primeira afirmação é uma tremenda redução da dignidade humana, que Deus pagou com a própria vida para salvar. O pior ser humano da face da terra vale mais que o melhor bicho. Quanto à segunda, os demônios, as solitárias e o vírus da AIDS também são criaturas de Deus... E não muda o fato de que ainda assim os animais não têm alma imortal, e sim princípio vital.

***

Quanto mais tentam reduzir a dignidade do homem pela biologia dizendo que "pesquisas revelam" (sempre estas tais pesquisas!) que o ser humano é igual aos bichos em 99,9xxxx9%; mais eu fico convicto da verdade da teologia metafísica que temos uma alma imortal. Afinal, apenas por células somos como eles. Este "quase" não acredito que seja explicado apenas por um tantinho de nada a mais de cerebelo ou polegar opositor...

Convenhamos, se somos tão parecidos com os chipanzés e os porcos, apenas um espírito racional e imortal faz com que os homens executem e admirem a Sinfonia #6 Pastoral enquanto os macacos ainda comem suas bananas e quando muito - com muito treinamento dado sempre por um homem - fazem uns truquezinhos com bloquinhos. Vão os macacos à Lua se puderem e ficarei convencido que somos iguais a eles.


***

Por que o cachorro entrou na igreja???

Ainda assim os animais podem por graça serem capazes de sentir a presença de Deus. O exemplo mais clássico é a burra de Balãao, que fugiu do anjo vingador.

O homem, por ter um espírito e intelecto, contudo, por excelência deveria ser capaz de perceber a presença de Deus. Mas nós temos uma grande desvantagem que nenhum animal tem, a mancha do pecado original. Isso faz com que não sejamos bestas no corpo, mas ajamos como bestas duras de coração e não percebamos a presença de Deus. Como o próprio citado Balaão que no seu caminho de maldade não viu o anjo vingador contra si

***

- Para mim está OK o aborto, porque os embriões são apenas um amontoados de células que ainda não tem personalidade, Frei.
- Sim, mas tem alma e são um ser humano completo, ainda que seu corpo esteja em formação.
- Não acredito que os fetos tenham alma. São apenas uma coisa animal, não tem como ir para o Céu ou Inferno. E vocês fazem muito mal em chamar os médicos que fazem abortos de assassinos.
- Lembra daquele seu cachorrinho que morreu atropelado?
- Ah, a July!
- ELA não tinha alma.
- Seu frade insensível e medieval!!! Como você pode dizer isto da minha pobre e inocente July que um motorista sem coração matou???
- Peraí, cachorro é inocente, tem alma e é morto sem culpa, já um ser humano na barriga da mãe é apenas "uma coisa, um amontoado de células" que não é assassinado?????

***

Querem entender maneira simples e direta por que a dignidade do homem é maior que a dos animais? 

Simples. 

Respondam: Que espécie neste planeta cuida de outras espécies muitas vezes apenas por puro sentimento de caridade? E não só cuida de espécies que seriam benéficas a si, mas cuida de espécies que individualmente poderiam lhe prejudicar ou devorá-lo. 

Que um pássaro entre em simbiose com um crocodilo, no fundo é uma gestão de interesses complementares. Mas aquela virtude que se expressa num sentimento de dor e desejoe vontade de ajudar um animal que sofre apenas pelo fato de que é o certo a fazer, ah, meus caros, esta é uma centelha divina digna de espíritos imortais criados a imagem e semelhança de Deus.

Podemos também demonstrar pelo caminho do Mal: Um leão não sente raiva nem se deleita com o sofrimento que causa à sua caça, mas um homem - tendo livre arbítrio como anjos e demônios - pode escolher infringir sofrimento gratuito aos animais apenas porque sim. Quantos exemplos de crueldade covarde, gratuita e sádica com bichos não vemos o homem fazer? Ser capaz do Mal é uma prova da presença de um espírito. Anjos puderam escolher serem Demônios ou não, assim o homem, um ser também espiritual, pode escolher ser o anjo da guarda ou o demônio do sofrimento dos animais. Os animais não podem escolher nos fazer bem ou mal, nós podemos. Podem até ter sentimentos de afeição ou raiva individualmente por alguém, mas escolher fazer o Bem e o Mal não podem, nós podemos.

Havia além de Adão e Eva muitos bichos no Paraíso. Nunca se ouviu falar de nenhum passarinho, macaco ou mosca irem lá na fruta da Árvore do Bem e do Mal darem uma beliscada... Apenas quem era capaz do Bem e do Mal poderia desejar aquela árvore... respectivamente três seres: Satanás (a serpente), Adão e Eva...

E deu no que deu...
***

- Estou revoltada com o senhor que disse que animais não vão para o Céu
- Eu não disse isso, é evidente que EXISTEM ALGUNS ANIMAIS que vão para o céu
- Ah, é? Os bons?
- Não, os com asas!!!

Muito cuidado com o que falam. A petralhada toda quer arrumar algo para dizer que somos:


- racistas (mesmo que sejamos negros)

- antinordestinos (mesmo que sejamos do nordeste)

- misóginos (mesmo que sejamos mulheres)

- facistas (mesmo que sejamos democratas)


Lógico que para a esquerda tudo isso no fundo não importa, eles podem xingar seus inimigos disso, sua flexível moralidade permite. Por isso que petralhas et caterva na internet chamaram o ministro Joaquim Barbosa de símio, Kassab de transviado, Yeda Crusius de donzela, Aécio de nazista, coisas nojentas de se xingar, mas eles estão acostumados com coisas nojentas. 

"Use camisinha!!!"
A Sífilis (que coisa mais século XIX !!!) aumentou a incidência em jovens em mais de 50%. A AIDS vai pelo mesmo caminho. Com uma diferença: quando a sífilis não te destrói e te faz uma ruína, ela incuba no seu cérebro e te mata algum tempo depois. Lênin morreu cedo em 1922 porque tinha sífilis incubada no cérebro que pegara em 1902 num lupanar parisiense.

Ou seja, se eu fosse jovem manteria minhas pernas fechadas não mais por medo do Inferno após a morte, mas o Inferno sifilítico antes dela.

E não me venham falar de camisinha: há mais camisinhas dadas à juventude que cadernos, e a sífilis está ai crescendo...


"Use camisinha!"
Camisinha: mesmo se ela fosse moral o crescimento dos números de casos de HPV, sífilis e AIDS mostram que ela tem sido inútil. É uma ilusão perigosa de proteção...

Moralmente têm responsabilidade os profissionais e autoridades de saúde por estimularem um método INEFICAZ (olhem os números epidemiológicos!!!) de proteção.

No futuro a camisinha será listada ao lado das sanguessugas, amuletos de âmbar e balas de antimônio como métodos da medicina primitiva.

A chance de deter a epidemia de sífilis atual com preservativo é a mesma de deter a peste bubônica em 1366 queimando enxofre pelas ruas...

"Use camisinha!!!"
A grande crueldade da doença venérea (sífilis, AIDS, HPV et caterva), não é o sujeito que pega indo na amante ou na zona... Há até um certo componente de justiça irônica nisso...

A injustiça é com da pobre esposa fiel em casa que pega do marido que foi... e do filho em sua barriga.

Ai realmente é de chorar até rasgar a cara com a unha...

A camisinha é a nova doxa, e ai de quem falar mal dela. Os apóstolos da borracha vieram aqui me chamar de herege pela simples constatação que apesar de camisinhas serem mais distribuídas que pão com manteiga, a AIDS, sífilis, herpes e HPV só aumentam...


Mas eles dizem que "camisinha previne". Então tá... Só que até hoje não preveniu nem está prevenindo... Mas o obscurantista medieval sou eu, e os espertos sifilíticos são eles...

Freios ABS, airbag e cintos de segurança são efetivos métodos para diminuir individualmente a chance de mortes no trânsito.

Porém nenhum deles diminui as mortes em acidentes se dirige-se perigosamente, em alta velocidade ou embriagado. Nenhum carro de passeio por melhor equipado resiste a uma colisão frontal, ou debaixo de um ônibus, ou rolando barranco abaixo.

Ou seja, se você dirige sistematicamente feito um kamikaze a exposição demasiada ao risco anula e supera os efeitos das barreiras de proteção. Não há nada que se possa pôr nos carros que te proteja da imprudência.

De maneira análoga com os preservativos. Ainda que individualmente possa ser uma barreira para o contágio em uma relação isoladamente, se as relações promíscuas aumentam pela ilusão da proteção e de uma cultura permissiva, chegará o dia da probabilidade macabra: camisinha estourada, mal-colocada, esquecida, troca de fluidos fora da zona do preservativo, variações não-genitais de contágio, enfim...

Esperança estatística = probabilidade X eventos. De que adianta diminuir a probabilidade se se aumentam os eventos??? Que você pegue AIDS em uma relação desprotegida ou mil semi-protegido, que diferenca faz??? No túmulo não se contará vantagem de quantas vezes você fez...

Ou seja, a camisinha só protege nas relações em que você não teria muita chance de contágio mesmo...

A Sífilis (que coisa mais século XIX !!!) aumentou a incidência em jovens em mais de 50%. A AIDS vai pelo mesmo caminho. Com uma diferença: quando a sífilis não te destrói e te faz uma ruína, ela incuba no seu cérebro e te mata algum tempo depois. Lênin morreu cedo em 1922 porque tinha sífilis incubada no cérebro que pegara em 1902 num lupanar parisiense.


Ou seja, se eu fosse jovem manteria minhas pernas fechadas não mais por medo do Inferno após a morte, mas do Inferno sifilítico antes dela.



E não me venham falar de camisinha: há mais camisinhas dadas à juventude que cadernos, e a sífilis está ai crescendo...

Vai pro Cantinho da Disciplina!!!

- Mas Frei, sem piadinhas com o Vasco agora, vamos falar sério...
- Sim, estou seríssimo.
- Por que se diz que o cardeal Burke foi rebaixado indo para a Ordem de Malta?
- Ainda este assunto?
- Não é uma honra ir para uma Ordem tão antiga e venerada como Malta?
- Qualquer coisa na Europa é antiga e venerada, até os portões das estações de metrô de Paris, até as pedras do calçamento do cais de Lisboa... Tudo lá é velho e tem História.
- Mas a ordem de Malta não tem impacto e influência hoje em dia?
- Até os roteiristas do Zorra Total tem mais impacto e influência que a Ordem de Malta. 
- Mas não é um exército?
- Até a guarda civil de cidade do interior tem mais poder de fogo que a Ordem de Malta...
- Hum... Que cruel
- Deixa eu te fazer uma pergunta: você e uns 90% dos católicos conheciam a Ordem antes de Burke ser posto nela como seu cardeal?
- Não...
- Portanto é a Ordem honrada pelo bondoso Burke, não Burke honrado pela Ordem. Ou seja, o papa o castigou. 

Nota: nao quero ofender os malteses, mas temos de ser realistas. Assim como os franciscanos foram importantes num certo período da Igreja, depois são relíquias e tributo a um glorioso passado, mas ainda passado... Feito a sala de troféus do Vasco!!!

Sabem qual é o problema do papa Francisco? É "faça a fama e deite na cama". De tal maneira suas declarações foram destrambelhadas, seus atos de autoridade foram mesquinhos, seus protegidos foram arrogantes, suas intervenções doutrinárias confusas que o papa perdeu o respeito de parte importante da Igreja. E digo mais, não só respeito, mas CONFIANÇA. Mesmo que ele faça apenas o certo, mesmo que seja um santo vivo, verá as pessoas se afastando, suspeitando, calando, sendo defensivas, vendo apenas más intenções. Tomo como base seu antecessor. Havia quem humilhasse Bento XVI a todo momento, mas ninguém entre seus adversários negava ser ele um homem honrado, zeloso e de retas intenções. Já com Francisco é o inverso, ninguém o humilha, seu cargo é venerado, mas ele é temido e quem o teme não põe a mão no fogo por suas intenções. O cristal da confiança se quebrou. Questionem qualquer expert em gestão se um líder consegue prosperar sendo obedecido mas não acreditado, sendo temido mas não seguido. 

Miserere mei...
Prevejo anos medíocres para o resto do pontificado do nosso santo padre. Se ele realmente queria fazer alguma grande obra, cortou um braço fora. Mesmo os papas necessitam da confiança dos subordinados. A História Sagrada nos ensina: Pedro era aceito pelos onze apóstolos, primeiro como capitão de um barco de pesca e depois como capitão da Igreja. Moisés era aceito pelas doze tribos, e grande parte do seu medo em aceitar sua missão na Sarca Ardente não era o faraó, mas ser aceito por Israel, ele que fora atacado por apartar uma simples briga. Quando a liderança de Moisés foi novamente contestada, o Altíssimo mesmo teve de intervir, a terra se abriu e os cismáticos desceram vivos aos infernos antes que o povo se perdesse. Quando os sacerdotes filhos de Heli perderam o respeito pela sua corrupção, perdeu-se a Arca da Aliança para os filisteus, quando o rei Roboão humilhou o norte o reino do grande Salomão se dividiu e decaiu, quando Urbano VI atacou os cardeais veio o grande cisma, quando Leão X era ironizado como glutão e sibarita em panfletos (não que não fosse) a Igreja rachou para sempre.

Tempos complicados virão....
Entrevista de Dom Cláudio Hummes, ao jornal Zero Hora.




ZH - Se Jesus vivesse hoje, ele seria a favor do casamento 
gay?

D. Cláudio -  Não sei, não faço nenhuma hipótese  sobre isso.
quem deve responder isso é a Igreja em  seu  conjunto.  Temos
que cuidar para não ficar levantando questões individualmente,
porque isso acaba criando mais dificuldades para a gente chegar
numa conclusão que seja válida.  Acho  que  a  gente tem que se
reunir, ouvir as pessoas, os próprios em jogo, os bispos. É a Igreja
que deve indicar os caminhos, e deve haver caminho para todos.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
Nota do Frei: Sim e não, muito pelo contrário! Quando me perguntarem um artigo de fé, devo responder: "Temos que cuidar para não ficar levantando questões individualmente, porque isso acaba criando mais dificuldades para a gente chegar numa conclusão que seja válida". Afinal, parece que nesses 2000 anos a Igreja nunca chegou numa conclusão. Mesmo no Israel da História Sagrada, Deus destruiu a cidade gay de Sodoma mas isso absolutamente não significa nada, e nem mesmo Moisés tinha nada a dizer sobre isso. É verdade que o Pentateuco condenava os transviados à morte, mas isso de forma alguma significa uma condenação. Eles eram condenados a serem apedrejados porque... porque... porque... veja bem... "Temos que cuidar para não ficar levantando questões individualmente"  É verdade já no ilustrado tempo do Novo Testamento São Paulo Apóstolo disse que os que pecavam contra a natureza mereciam a condenação, mas a Igreja, de acordo com um cardeal de quatro costados, disse que a questão não foi decidida ainda. Ah, a Igreja tem que chegar "em seu conjunto". Legal. E onde está o conjunto? Devo fazer urnas na minha paróquia? Devo fazer assembléias sindicais? Devo fazer um fórum na internet? Que conjunto é este que ignora Moisés e São Paulo, gloriosos membros da Igreja triunfante no céu? A propósito, o que é "questões individualmente" a ser levantadas?  Talvez Santo Agostinho não devesse ter escrito seus livros sobre a Trindade, ele não deveria ficar levantando questões individualmente. Da mesma maneira São Tomás, a estrutura de perguntas e respostas da Suma fica levantando cada questão individualmente... Talvez São Pedro e São João deveriam ouvir São Tomé, que não cria na ressurreição, a despeito dos testemunhos dos outros. Sim, São Tiago e Santo André deveriam descrer do Jesus que viram para poder reunir-se com o ceticismo de São Tomé. Interessante homem é Dom Cláudio Hummes!

No mais, lógico que deve haver caminho para todos. Mas estreita é a porta da salvação. Há um caminho, Jesus Cristo. Mas, de acordo com Dom Cláudio, este mesmo Jesus que condenou um olhar de cobiça a uma outra mulher, absolutamente não chegou a  nenhuma conclusão sobre o casamento gay.  Este Jesus que condenou aqueles que coavam um mosquito e engoliam um camelo certamente deve ter coado o mosquito da olhadela no traseiro e engolido o camelo sodomita. Ele que disse que não iria derrubar nem um "i" da Lei, mas certamente ele não se referia aos capítulos do Levítico e Deuteronômio que condenavam como maldito o homem que se deitava como mulher junto de outro homem. Ai no caso pode derrubar os "is" como também os jotas, os alfas, os betas e os gamas, todo alfabeto, seja em grego, hebraico, cóptico ou cirílico.

Mas de acordo com Dom Cláudio deve ser a Igreja inteira a decidir... sei, sei... E os votos de Moisés e São Paulo, quem vai computar?