Politica Eclesiástica Para Conservadores Campanha Da Fraternidade Dom Tomás Balduíno No Inferno, uma novela piedosa Grande Biblioteca Sobre Comunismo
Então você aprendeu na escola que a Idade Média era atrasada e que os cavaleiros e suas armaduras estavam lá só para mis-en-scène só para fazerem bonito mas pareciam estátuas de ferro???

Repense. Garanto que a maioria dos lutadores hoje em dia levaria uma bela surra de um medieval com sua armadura.  E tome surra. E se batessem não faria diferença.

O sucesso não ocorre por acaso.

 
"Lênin? Deixem que ele caia. Desde que as pessoas não fiquem machucadas e que esse ídolo comunista sanguinário não faça mais vítimas quando cair".

Arsen Avakov, Ministro do Interior ucraniano

Veja - Nacionalistas ucranianos derrubaram no domingo uma estátua monumental do bolchevique Vladimir Lênin que dominava a vista de uma praça de Carcóvia, a segunda maior cidade da Ucrânia. A ação contou com o respaldo de autoridades locais. Pelo menos 3.000 pessoas participaram da ação. Foi preciso usar maçaricos para fragilizar a base da estátua. Na sequência, dezenas de pessoas puxaram o símbolo, que acabou desabando.  Carcóvia, no leste do país, fica próxima da fronteira com a Rússia e não muito longe dos redutos sob contole dos separatistas pró-Rússia. Vários manifestantes entoaram cantos declarando que a cidade "pertence à Ucrânia".(...)



Nota do Frei: Ah, quem dera que estas estátuas, ou melhor, estes ídolos fossem derrubados no Brasil!!! Mas se fossem derrubados do coração do episcopado j´pa ficaria muito feliz.


"Apesar de tanto discurso sobre diálogo, misericordia, apertura, descentralización y respeto por la autoridad de las Iglesias locales, tampoco he tenido oportunidad de hablar con el Papa Francisco, ni siquiera para aclararle alguna duda o preocupación. Consecuentemente, no pude recibir ninguna corrección paternal –o fraternal, como se prefiera– de su parte. Sin ánimo de quejas inútiles, tal proceder sin formalidades, de manera indefinida y súbita, no parece muy justa, ni da lugar a una legítima defensa, ni a la corrección adecuada de posibles errores. Sólo he recibido presiones orales para renunciar"
Carta de Mons. Rogerio al Prefecto de la Congregación para los Obispos

Nota: Monsenhor Rogério foi o Arcebispo de Ciudad del Este que foi chutado feito um porco pelo "pontífice mais humilde de todos os tempos" (Trademark)  sem direito a defesa e baseado num processo canônico frágil e eivado de vícios. E pior, jogando sobre ele o manto da acusação de cumplicidade com pedofilia, a mesma que o Mundo atirou sobre o grande Bento XVI Magno... vêem um padrão?


É, meu São Pio X, poderiam até não gostar de ti em tua época, mas pelos menos tu lutavas abertamente e com as armas limpas a mão, o jogo era claro. Não eras de sorrisos, nem abraços, nem beijinhos, mas teu sim era teu sim, teu não era teu não, quem era punido sabia porque era, e era sempre pela infidelidade à doutrina, não por politicagem de um clero laxista e descristianizado. 

Ai daqueles pontífices que gostam de ficar bonitos nas capas das revistas do Mundo mas nos corredores da Igreja fazem aquela política suja que renegam nos seus sermões.
Soldados!

Eis que estamos às vésperas de mais uma batalha. É nossa terceira batalha e provavelmente mais uma desta guerra que só terminará com a nossa vitória.

Nas vezes anteriores estávamos sem experiência e tínhamos uma casa ainda, lutamos sem vontade, dormimos sobre os louros passados da formação de nosso glorioso reino. Eis que agora tudo se foi, estamos errantes, com a fome e a desgraça pesando sobre nós. Entregues à complacência confiamos em nossa sorte, e conforme previsto pelos profetas, a decadência e a vingança mesquinha se abateram sobre nós. E não só conosco, mas pelo mundo todo legiões de desamparados se formam para lutar até mesmo contra nós, desesperados por conseguir um pouco de pão, competindo conosco. Estamos sem reino e sem casa, dependentes da caridade alheia e sendo abandonados por quem não nos é fiel. 

Mas tão desesperada situação não abala nossa confiança, mas nos fortalece! Sim, estamos experientes, sabemos o que virá pela frente. No mundo livre, bons aliados ainda nos apoiam, e a força de nosso braço está voltando. Cada dia que passa nossa espada se afia, nossa honra pede desforra e nosso ânimo se galvaniza.

Só nas armas reside a esperança! Só na dedicação! Nós desceremos para o campo de batalha e saberemos que faremos bonito. Ainda que o inimigo seja forte e nossas chances pequenas, preparamo-nos como poucos! E tal é esta guerra que ser derrotado é treino. Como fizemos de nossos treinos batalhas, as batalhas são treinos para nós. O campo de batalha em que pelejaremos amanhã é doce e suave para quem não tem casa, é a oportunidade que tanto esperávamos! Sim, quem deseja pela batalha senão quem está no desespero? No desespero ainda que sejamos cães lutamos como leões! E como não esquecer a velha virtude de nosso povo, campeão de tantas guerras passadas?

Eis que trabalhamos para nossa virtude reflorescer, para nossos ramos secos darem frutos. Nós traremos manchados de sangue e suor novas coroas de louros para um novo reino, mais estável, mais firme, um reino em definitivo. Lá poderemos comer sossegadamente do fruto de nossos trabalhos, criaremos nossas crianças, faremos nossas canções e beberemos nosso vinho, sabendo que nenhum tirano cruel e egoísta pode nos expulsar. Lá enfrentaremos mais fortes a uma política mais poderosa e grave, e é o que desejamos! Ah, eu garanto que a glória futura fará lembrarmo-nos com orgulho destes dias de desespero! Sim, em nossa nova casa vamos nos lembrar com nostalgia até da dor de estarmos errantes nesse deserto cruel, contando nosso parco pão até o seu fim. Imaginem-se já vencedores, com a Graça do Altíssimo por cuja mão severa, mas benigna, nos trouxe aqui.

Que vosso ânimo não esmoreça! Que não entrem em desespero ao enfrentar as dificuldades de amanhã! Que nenhum soldado volte as costas, e veja como é doce vencer o inimigo lutando até o limite de suas forças. Não temos casa, nossa casa é o campo de batalha: Ou tombamos gloriosamente nele ou tombamos humilhados e como mendigos depois diante de todos nossos algozes. Não há esperança senão lutar! E queremos lutar! Ah, como espero o dia de amanhã! Como desejo cansar meu braço! Como desejo que minhas costas verguem sob o peso dos esforços, será doce e me dará uma alegria inefável saber que finalmente faremos algo pelo fim de nossas desgraças.  Belos discursos não compensam no passado o treinamento deficiente, só que desta vez treinamos bem. Este exército marcha sob sua honra ferida e sob a disciplina de meses de treino. Não recuaremos! Vamos adiante, mesmo com as baixas, até a vitória. A única derrota é desistir.

Avante! A vitória é inevitável! A vitória será conquistada e comprada com nosso suor! Passaremos esta fase! Pela graça de Deus! 


Quando disse que teríamos um novo Alexandre VI na Igreja, aquele que "nunca teve vergonha de descumprir os juramentos mais solenes", nem eu acreditei em minha profecia.


*
*
*

Cabe agora a continuação dos serviços de Alexandre VI... sei não. Se convivesse com nosso Santo Papa Emérito, Bento XVI Magno, eu provaria cuidadosamente toda sua comida e bebida antes...

Ops! Que indiscrição a minha! Certas coisas que a gente pensa não se falam, Clemente...
Vejam este estarrecedor relato de um médico concursado sendo perseguido pela corja do PT e PC do B por falar umas verdade.

(...) Neste 22 de setembro, chegando ao Hospital Conceição para trabalhar na UTI, fui notificado de que meu ponto estava “suspenso”. Encaminhado ao setor de RH, fui informado de que eu mesmo, como médico, estou suspenso do hospital por 60 dias, sem perda de remuneração. Argumenta a instituição que isso visa não prejudicar o processo administrativo disciplinar (PAD número 51/14, que tem como objetivo a minha exoneração. Desconheço os termos de acusação. Não sei ao que respondo e não tive, até agora, nenhuma chance de defesa. (...)

Qualquer semelhança com os "cale-se" que os bispos vermelhos aplicam aos padres críticos da Teologia da Libertação e o uso político da CNBB e da Igreja NÃO É mera coincidência. E na Igreja ainda é mais cruel, porque vem temperado com o tempero dos fariseus, que é a hipocrisia.

O doutor perseguido tem um consolo, as eleições irão ejetar o PT do governo gaúcho e o acinte que ele está sofrendo é tão tamanhamente inconstitucional que o menor dos juízes dará liminar em mandato de segurança para que ele seja reintegrado ao cargo. - Ainda há juízes em Porto Alegre!

Já na Igreja, pffff... Roma está longe, o papa é inimigo dos conservadores (é fato, não é achismo), os processos canônicos na verdade são processos administrativos, apelar à Justiça comum não adianta muito porque as punições eclesiásticas são internas à organização, isto é, só importam para quem se importa em ser católico e o final ainda tem fiel idiota, que mereceria viver sob o Estado Islâmico, que vai dizer que "sempre o bispo tem razão", até quando não tem razão.

O segredo de aborrecer é dizer tudo, portanto o leitor perspicaz já pegou... tudo exposto acima, vejam as deliciosas vantagens de escrever pela Ordem Amuliana da Antiga Observância e não temer bispos censórios e covardes a serviço do Anticristo e do esquerdismo.  
Ah, Marquês de Sade, o homem que foi preso não por causa de suas idéias avançadérrimas, mas por pegar empregadas, empregados e menores de idade!

Era um homem do seu tempo. Não recomendo sua obra, a despeito da elegância e da inteligência de quem escreve, não deixa de ser sujeira. Como seu contemporâneo Bocage, uma sujeira dotada de um mérito estilístico inigualável, mas ainda assim sujeira. Uma hipotética Pietá feita de merda ainda é merda.

Mas há que se ver um mérito nele que faz nossos pornógrafos parecerem criancinhas pequenas, foi quem percebeu a ligação dos vícios, como a luxúria levava à crueldade e ao homicídio posterior. Se Sade vivesse daria um esporro hoje em dia até mesmo na nossa burocrática - mas riquíssima -  indústria pornô pela sua padronização e bom-comportamento. E seria preso novamente por falar algumas verdades. Afinal, vivemos numa época mil vezes mais tola que o absolutismo francês. Esta é uma época infantilizada onde o governo distribui camisinhas brasileiro no carnaval e esconde os dados alarmantes da pandemia de sífilis. Nos Estados Unidos, há cidades passando leis obrigando a se usar camisinha em filmes pornográficos e tem fiscal para conferir! E as produtoras precisam ter pilhas de documentos oficiais garantindo que tudo foi consensual e tem de colocar um aviso bem grande no início do filme que todo mundo lá é maior que dezoito. Ridículo é ser depravado sob o decreto de um burocrata!  Ahaha, pergunte ao velho Marquês se ele deixava que Luis XV desse ordens nas suas aventuras?! Perguntem se "consensual" e "maior de dezoito anos' significavam algo para ele? O Estado se meter até no pecado individual é o sinal de que não ficamos mais liberais nos costumes, mas que ficamos mais tolos até mesmo ao pecar, a orgia estatizada é própria do Inferno mesmo, até os demônios vivem debaixo da bota pesada da tirania de Satanás.

Mas voltando ao Marquês depravado, é impressionante sua apologia iluminista ao ateísmo em suas obras, e este ranço até hoje vemos nos grupos repaginados de Neo-ateus. Gosto dos homens coerentes, e Sade é coerentíssimo: Em sua obra, junto à apologia ao ateísmo vemos coprofagia e sodomia. Poupo o leitor de descrever estas práticas, até porque a maioria sabe.

É isso ai: Grite, homem, contra a Existência de Deus e das leis morais! Você terminará muito elevado dando o rabo e comendo merda achando bom! Quando não estão se matando. E no final é uma consequencia natural. Como disse o célebre romancista russo "Se Deus não existe tudo é permitido". Qualquer um sabe como nas "zonas" e "bocas" são onde os piores homicídios são cometidos, rivalizados apenas com a crueldade do tráfivo de drogas. E os michês, travestis, cafetões e prostitutas assassinados ora por seus clientes ora por seus empregadores? O Marquês de Sade explica. Ai me vem deputadinho federal querendo estatizar mais ainda até mesmo o homossexualismo, ignorando que a maioria das mortes nesse ramo é feita entre eles mesmo.  E se não quiserem ir a tão baixo autor, a História Sagrada tem o mesmo ensinamento, a luxúria leva ao homicídio: Davi mandou que matassem, Urias para esconder o adultério com sua esposa. 

Ah, libertinagem, que bela roupagem para idéias ruins! Foi para isso que Adão e Eva comeram a maçã??? Eca! Mal negócio fez a humanidade, quisemos ser como deuses e terminamos comendo nosso próprio cocô! Do ateísmo à coprofagia. Muita e grande libertação! A libertação dada pelo pecado é falsa, é chafurdar no esterco. Até hoje os libertinos acham que pecar é gostoso, pelo menos o velho Sade, teórico e esteta da libertinagem, concluiu com certeza que comer merda é prazeiroso.

Feliz é o homem que não dá ouvidos a estes papos tolos da serpente!!!

Cena de um filme do "Opus Magnus" do Marquês
Acredite, não é chocolate... ehehehe....